Diário da Serra

Rapaz que fazia Uber Eats de bicicleta ganha moto zero km da TV Cidade Verde

Repórter MT 28/10/2019 Geral

A doação foi feita no Programa Pop Show, na manhã desta segunda-feira. O rapaz também ganhou patrocínio para tirar habilitação

Geral

O entregador do aplicativo Uber Eats Luiz André, de 22 anos, ganhou uma moto para trabalhar, na manhã desta segunda-feira (28), durante o programa de TV do apresentador Everton Pop. A doação foi feita após o rapaz ter sofrido humilhação nas redes sociais, por parte da ex-miss Campo Novo do Parecis, Bruna Reis Figueredo.

 

A jovem perdeu o título devido à atitude discriminatória na última sexta-feira (25).

 

Luiz André foi convidado a estar no programa Pop Show, da TV Cidade Verde, e contar sua história. No palco, o jovem recebeu a surpresa de Pop e sua equipe. Além disso, Luiz recebeu de presente o patrocínio de uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH), para que possa pilotar sua nova moto, uma Honda Pop.

 

O jovem foi vítima de chacota e deboche, enquanto trabalhava fazendo entregas de bicicleta nas ruas da Capital.

 

Entenda o caso

Na noite da última quarta-feira (23), a então miss Campo Novo do Parecis (404 km da Capital), Bruna Reis Figueredo publicou stories, em sua conta no Instagram, onde aparece rindo e fazendo pouco caso de um entregador de bicicleta que passa ao lado do seu carro, na Avenida Miguel Sutil.

 

A atitude da estudante de fisioterapia foi mal recebida pelos internautas, gerando repercussão nacional e mais de 500 mil visualizações em seu vídeo. Luiz André é o personagem do registro da ex-miss, e tomou conhecimento do caso depois que a imagem viralizou na internet.

 

Após o vexame, a organização do Concurso Miss Mato Grosso 2019 informou que a conduta apresentada por Bruna não é condizente com a função assumida, ao conquistar a coroa que ela representa.

 

Além disso, o concurso esclareceu que repudia qualquer atitude discriminatória. Por esse motivo, a organização retirou o título de miss de Bruna Figueiredo.

 

“Não acredito. Está ruim para mim, está ruim para você, está ruim até para o Uber Eats. Olha isso daqui. Não é desmerecendo o trabalho do menino, mas é ai que você vê o porquê sua comida chega atrasada. A pessoa além de estar de bicicleta, está na marcha lenta, não está conseguindo subir a ladeira", criticou Bruna.

Notícias da editoria