Diário da Serra

UNITAN lança campanha dedicada aos doadores voluntários de sangue

Diego Soares - Assessoria de Imprensa 25/11/2019 Saúde

O lançamento aconteceu na sede da unidade e contou com a participação do Prefeito Fábio Martins Junqueira

Saúde

A Unidade de Coleta e Transfusão de Sangue de Tangará da Serra (UNITAN) lançou na manhã desta segunda-feira, 25, uma campanha que marca a celebração do "Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue". O lançamento aconteceu na sede da unidade e contou com a participação do Prefeito Fábio Martins Junqueira.


De acordo com a Coordenadora da UNITAN, enfermeira Juliana Gramarin, a campanha tem o objetivo de ampliar os estoques de sangue coletado na unidade. O lançamento desta segunda-feira ofereceu um café da manhã especial para homenagear os doadores que colaboram com a unidade.
 

“Essa é uma data muito especial, pois comemoramos o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue e a UNITAN preparou uma programação que acontece durante toda a semana, iniciando com esse café da manhã. Lembrando que é muito importante para quem que ainda não é doador que compareça a unidade para prestar esse gesto de generosidade que pode fazer muita diferença na vida de alguém. Uma única doação pode salvar a vida de quatro pessoas. Esse gesto de amor e de generosidade que pode salvar a vida de muita gente”, pontuou a Secretária de Saúde, Dienifer Feix.
 

Segundo Juliana Gramarin, todos os anos a UNITAN realiza um evento para agradecer os doadores que durante todo o ano fizeram contribuíram para que o estoque de sangue se mantenha na condição ideal. “Agradecemos aos doadores que frisamos que durante toda a semana estaremos aqui recebendo as doações daqueles que já são doadores e daqueles que queiram começar as suas doações”, frisou.
 

A coordenadora salienta que, para doar é muito simples. Basta procurar a UNITAN, localizada na Rua Benedito Pereira de Oliveira (05), Setor "N, no Jardim Europa, ao lado do GAO, das 8h às 11 e das 13h30 às 17h. “Aqueles que estejam bem saúde, bem alimentados, passam pela triagem. Pedimos que leve o documento de identidade e o CPF, vamos fazer a triagem do candidato a doador e fazer uma entrevista para conhecer o perfil do candidato, podendo inclusive já efetuar a doação de imediato”, explicou a enfermeira.

 

Notícias da editoria