Diário da Serra

Bolsonaro convida Mauro para novo partido

Gazeta Digital 27/11/2019 Política
Política

O presidente da República, Jair Bolsonaro, convidou pessoalmente o governador Mauro Mendes (DEM) para se filiar ao Aliança pelo Brasil, sigla lançada há uma semana, mas não está oficializada junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A conversa ocorreu na semana passada quando Mendes estava em Brasília e participou de uma agenda com Bolsonaro.

 

O governador de Mato Grosso disse que iria analisar o convite do presidente, já que o processo de criação da legenda nem se iniciou ainda.  "Vou agradecer e me sinto honrado, mas não pretendo sair do DEM", disse Mendes nesta quarta-feira (27).

 

A articulação para filiação de novas lideranças tem sido desenvolvida pelo próprio presidente, tanto que o convite feito a Mauro Mendes não passou pelo deputado federal Nelson Barbudo (PSL), considerado o principal representante do 'bolsonarismo' no Estado. 

 

O Aliança pelo Brasil, partido em processo de criação por Bolsonaro, foi lançado no último dia 5 de novembro após o presidente ter se desfiliado do PSL, após uma disputa interna para o controle da legenda com o deputado federal Luciano Bivar, que preside nacionalmente a sigla. Bolsonaro aguarda uma consulta feita ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para saber se as assinaturas para a criação do novo partido possa ser feita eletronicamente. Durante o lançamento, Bolsonaro avisou os seus seguidores que a legenda poderá não estar apta para a disputa eleitoral de 2020, e que os pretensos candidatos podem concorrer pelo PSL. 

 

Ainda durante o lançamento Bolsonaro também apresentou trechos do manifesto do Aliança aos presentes. Entre os princípios estão o "respeito a Deus e à religião; respeito à memória, à identidade e à cultura do povo brasileiro; defesa da vida, da legítima defesa, da família e da infância; e garantia da ordem, da representação política e da segurança". 

Notícias da editoria