Diário da Serra

Polícia: quadrilha vendia no cartão e tinha clientes de classe alta

Mídia News 11/12/2019 Polícia

Operação prendeu oito pessoas; três alvos ainda não foram localizados

Oito pessoas foram presas durante a operação

As investigações feitas pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) apontam que pessoas de alto poder aquisitivo, servidores públicos e jovens de classe média-alta eram os principais clientes da quadrilha que atuava com a venda de drogas na modalidade “disque entrega” em Cuiabá.


A operação “Deliveryman” foi deflagrada na manhã desta quarta-feira, 11, e resultou na prisão de seis homens e duas mulheres.


Desse total, cinco tiveram as prisões decretadas pela Justiça na operação: N.M.B., E.S.A., F.P.S., D.G.S.C.M. e Y.G.R..


Outros três alvos que tiveram a prisão decretada pela 13ª Vara Especializada de Delitos Tóxicos ainda não foram localizados.


Os suspeitos T.C. e R.J.B.S. foram presos em flagrante durante o cumprimento dos mandados e um oitavo suspeito, I.O.N., estava com mandado de prisão em aberto em decorrrência de outra investigação.


De acordo com a Polícia Civil, além das prisões, foram apreendidos dois veículos pertencentes à quadrilha e certa quantia em dinheiro - valor ainda não divulgado -, bem como foi determinado o bloqueio de R$ 50 mil da conta dos alvos da operação.


Todos os suspeitos identificados como integrantes do grupo responderão pelos crimes tráfico de drogas, associação para o tráfico e possível lavagem de dinheiro (que ainda será apurado) e receptação de produto furtado.
 

Notícias da editoria