Diário da Serra

Deputado federal Neri Geller estará em Tangará na próxima segunda-feira

Sergio Roberto/ Enfoque Business 10/01/2020 Política
Política


O deputado federal Neri Geller (PP) estará novamente em Tangará da Serra na próxima segunda-feira, 13, segundo anunciou à rádio Serra FM na manhã desta sexta-feira, 10. A visita tem múltipla motivação: começa pela questão de emendas parlamentares e passa pela abordagem sobre investimentos no aeroporto do município, além de “outras demandas” do município. O parlamentar chega à cidade por volta das 10hs de segunda-feira, com local ainda a ser definido.


As conversas de Neri Geller, no entanto, desembocarão inevitavelmente no assunto que mais tem assanhado a classe política estadual nas últimas semanas: a eleição suplementar a uma das três cadeiras de Mato Grosso no Senado Federal, aberta pela cassação de Selma Arruda pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) por erros grosseiros (apesar de Selma ser juíza e se declarar avessa à corrupção) nas contas de campanha (caixa 2 e abuso do poder econômico).


Em áudio enviado via aplicativo WhatsApp à Serra FM, Geller, porém, passou longe do assunto. Dizendo-se “tangaraense”, falou pomposamente sobre uma emenda parlamentar impositiva, de bancada, no valor de R$ 970 mil, paga pela União ao município em 23 de dezembro último para custeio do sistema público de saúde local, e de outra emenda, de R$ 8 milhões, prometida para este ano e destinada a investimentos em captação de água.
No mesmo áudio, Geller mencionou rapidamente o aeroporto regional de Tangará da Serra, cujo projeto já está aprovado pela Secretaria de Ação Civil (SAC) da Presidência da República. Mas não deu maiores detalhes, nem pode ser questionado pela emissora por se tratar de um áudio enviado via WhatsApp.


Geller deverá ser recepcionado no município pelo vice-prefeito Renato Gouveia (PR), já que o prefeito Fábio Junqueira (MDB) já tinha em sua agenda, segundo informações do gabinete do Executivo, outros compromissos firmados antes do anúncio da visita do parlamentar.


GRUPO- Neri Geller integra um grupo político que articula a apresentação de um nome para disputar a vaga aberta no Senado Federal pela cassação de Selma Arruda. O grupo tem sua base em Cuiabá e é composto pelo prefeito da capital, Emanuel Pinheiro (MDB), pelo senador Jaime Campos (DEM), pela prefeita de Várzea Grande Lucimar Campos (DEM), além do próprio Neri Geller e pelo colega de Câmara Federal Emanuel Pinheiro Neto, o Emanuelzinho, do PTB. O deputado estadual Max Russi (PSB) também participa do grupo.
As articulações em torno de possíveis candidaturas à vaga remanescente no Senado já começaram, assim como as investidas dos articuladores no interior, começando pelos polos regionais, como é o caso de Tangará da Serra.

Notícias da editoria