Diário da Serra

Nenhum candidato tira 'nota mil' na redação do Enem e MT é o único do Centro-Oeste sem nota máxima

G1MT 18/01/2020 Educação

53 redações de 15 estados e Distrito Federal tiveram nota máxima. Destas, 32 foram escritas por mulheres

Educação

Nenhum candidato que prestou o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em Mato Grosso tirou nota mil na redação, segundo informação divulgada pelo Ministério da Educação (MEC) nesta sexta-feira, 17. No Centro-Oeste, é o único estado onde ninguém obteve nota máxima.


No ano passado, uma aluna conseguiu nota mil em redação. Gabriela Fonseca, de Tangará da Serra, fez um texto inspirado nos versos da música 'Admirável Gado Novo', do cantor Zé Ramalho.
 

Em Goiás, quatro alunos tiraram nota mil; no Distrito Federal, dois, e em Mato Grosso do Sul, um.
Ao todo, 53 redações de 15 estados e Distrito Federal receberam nota máxima. Destas, 32 foram escritas por mulheres.

 

Minas Gerais foi o estado com mais notas mil em redação. Foram 13 candidatos com nota mil, seguido do Rio Grande do Norte, Ceará e Rio de Janeiro, 6 em cada estado, e de São Paulo e Goiás, quatro em cada estado.
 

Também tiraram nota máxima, os candidatos de Alagoas (2); Bahia (1); Distrito Federal (2); Espírito Santo (1); Maranhão (1); Mato Grosso do Sul (1); Paraíba (1); Pará (2); Pernambuco (1) e Piauí (2).
 

O tema desta edição foi “Democratização do acesso ao cinema no Brasil”. O texto deveria ser do tipo dissertativo-argumentativo, com até 30 linhas, desenvolvido a partir da situação-problema proposta e de subsídios oferecidos pelos textos motivadores.
 

As redações com menos de sete linhas recebem nota zero, assim como as que reproduzem integralmente trechos dos textos motivadores e de itens do caderno de questões.
 

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) avalia o desempenho escolar ao final da educação básica. Vinculado ao Ministério da Educação (MEC), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) aplica as provas desde 1998.
 

Hoje, o Enem é o segundo maior exame do mundo de acesso à educação superior. Os resultados permitem, ainda, o desenvolvimento de estudos e indicadores educacionais.

Notícias da editoria