Diário da Serra

Porto e Hidrovia exigirão término de obras nas MT’s-339 e 343

Enfoque Business 22/01/2020 Política

MT-339 conta apenas com um pequeno trecho pavimentado

Política

Em entrevista à rádio Serra FM, de Tangará de Serra, na manhã desta terça-feira (21), o presidente da APH, Vanderlei Reck Junior, disse que o Porto de Cáceres representará uma grande movimentação na região, que conta com uma estimativa de produção de 300 mil toneladas de grãos, com projeção de tráfego de 400 carretas/dia em torno da unidade portuária.


Reck disse, na emissora, que as obras previstas no termo de cooperação para a reforma do Porto de Cáceres já iniciaram há cerca de dez dias, cumprindo orçamento de R$ 1,5 milhão. “Não há dinheiro público nestas obras, são custeadas exclusivamente com recursos da APH”, garantiu, acrescentando que a associação pretende retomar as operações do porto até julho deste ano. “Temos uma parceria com o governo do Estado que vai facilitar bastante na questão dos licenciamentos”, acrescentou, ao referir-se à ‘hinterlândia’, região integrada pelas MT’s 339 e 343.
 

Notícias da editoria