Diário da Serra

Corpo encontrado entre Campo Novo do Parecis e Diamantino é reconhecido

Rádio Educadora News 23/01/2020 Polícia

O corpo do homem apresentou 5 perfuração por arma de fogo

Vítima foi reconhecida pela mãe

O corpo do homem com idade de  35 anos, vítima de homicídio, localizado às margens da MT 235, a cerca de 50 quilômetros de Campo Novo do Parecis, já no município de Diamantino nesta última terça-feira, 21, foi reconhecido pela mãe no Instituto Médico Legal (IML) de Diamantino.


De acordo com a Polícia Judiciária Civil (PJC), o corpo do homem apresentou 5 perfurações por arma de fogo.


Os investigadores conversaram com moradores de um assentamento próximo ao local do crime, mas as pessoas disseram que não conheciam a vítima e que nunca tinham visto-a na região.


A identidade do homem trata-se de Fábio José Macedo de 35 anos e que residia na rua São Paulo, centro de Campo Novo do Parecis em uma república.


Fábio estava de folga em casa, ele era operador de máquinas e trabalhava em uma aldeia em Campo Novo do Parecis, fazendo diárias na colheita de soja, e no dia 19 veio a cidade para desfrutar de sua folga.


O corpo foi reconhecido pelas tatuagens e um colar de miçangas que Fábio havia ganhado, a vítima era aposentado e os legistas confirmaram que Fábio foi morto com 05 tiros.


A mãe disse aos policiais civis de Diamantino que seu filho não era usuário de drogas e não tinha problema com ninguém.
 

Notícias da editoria