Diário da Serra

Campanha para cadastrar doadores de medula óssea segue até hoje em Tangará

Diego Soares / Assessoria 28/01/2020 Saúde

O objetivo é facilitar o tratamento de quem precisa de transplante de medula

Campanha de cadastro ocorre na sede da Unitan 

O Registro Brasileiro de Doador Voluntário de Medula Óssea (REDOME), iniciou nesta terça-feira, 28, seguindo até esta quarta-feira, 29, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30, juntamente com a Unidade de Coleta e Transfusão de Sangue de Tangará da Serra (UNITAN), a campanha para cadastro de novos doadores voluntários de medula óssea.


De acordo com a Coordenadora da unidade, Juliana Gramarin, o objetivo é ampliar o cadastro de doadores voluntários e facilitar o tratamento de quem precisa de transplante de medula. “Os profissionais da UNITAN, estão orientados e capacitados para que a unidade realize o cadastro de doadores de medula óssea em sua rotina diária, não dependendo mais da vinda do REDOME ao Município”, informou.


Segundo ela, para ser doador voluntário, o interessado deve ter entre 18 e 55 anos, ter boa saúde, precisa preencher um cadastro online que será realizado nesses dias e coletar uma amostra de sangue para um teste de compatibilidade chamado HLA. 


“O resultado desse exame irá para um banco de dados do Ministério da Saúde. Sempre que houver um paciente que necessite de transplante e não tiver encontrado pessoas compatíveis em sua família, esse banco de dados é consultado e sendo encontrado um doador compatível, ele será comunicado e solicitado à coleta de outras amostras para novos exames clínicos para se avaliar a real possibilidade da realização da doação da medula”, explicou.


A Coordenadora pontua que aqueles que já realizaram o cadastro em outra oportunidade, não precisam fazer novamente, somente atualizar sempre seus dados no site do REDOME. A sede da UNITAN que fica localizada na Rua Benedito Pereira de Oliveira, 1447-N, Jardim Europa. Fone para contato: 3326-2529.



Notícias da editoria