Diário da Serra

Placas do Mercosul passam a valer no sábado

G1/MT 30/01/2020 Geral

Modelo deve ser adotado ao primeiro emplacamento ou transferência

Novo modelo de placa quando instalado

A placa do Mercosul passa a ser exigida a partir deste sábado, 1º de fevereiro, em todo o país. Entretanto, de acordo com o Departamento de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), Mato Grosso e outros 17 estados ainda não aderiram ao sistema.


Por outro lado, o Detran-MT já realizou todas as alterações necessárias para a implantação do novo modelo de emplacamento e aguarda a gestão por parte do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) para aderir a esse novo modelo de placa. O prazo estimado para a adesão é de 60 dias, a partir do dia 31 de janeiro.


O novo modelo deve ser adotado pelos proprietários de veículos que fizerem o primeiro emplacamento e os que precisarem de transferência para outro município ou estado.


A obrigatoriedade deste novo modelo está prevista na Resolução nº 780/2019 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que também prevê a instalação da nova placa em casos de roubo, furto, dano ou extravio da placa, e nos casos em que haja a necessidade da segunda placa traseira.


Ainda segundo o Detran-MT, o valor atual do par de placas no estado é de aproximadamente R$ 120. O valor cobrado pelo estampador. Esse serviço é realizado por empresas credenciadas.


Porém, será feito um estudo para a fixação do valor máximo a ser cobrado. Essa medida evitará cobrança abusiva e permitirá a prática da livre concorrência, garantindo menores preços para o cidadão.


Quem precisará trocar - Veículos novos: Primeiro emplacamento. Veículos em circulação: Troca de município e/ou estado; Se as placas forem furtadas; Se as placas forem danificadas.
 

Notícias da editoria