Diário da Serra

O PODER DA MUDANÇA

Sebastian Ramos 02/02/2020 Artigos

Nossas mudanças talvez nem sejam perceptíveis por nós, mas talvez o sejam para as outras pessoas

Artigos

Mudar. Mudança. Você já mudou? Quantas vezes já mudou? Já teve coragem de mudar? Já teve medo de mudar? Porque mudou? Porque não mudou? Mudou por você? Mudou por outra (s) pessoa (s)? Mudou para melhor? Mudou para nem tão melhor? Mudou só? Mudou de estado (em todos os sentidos)? Mudou externamente? Mudou internamente? Mudou por um tempo? Mudou permanentemente?  Mudou de lado? Mudou de casa? Mudou de estilo? Mudou de emprego? Mudou de religião? Mudou de opinião? Mudou? Estas e centenas de outras perguntas podem e poderão ser feitas apenas sob a ótica da mudança. Mudar causa naturalmente algum tipo de reação. Provoca inerentemente alguma alteração. Quando falamos em mudança, rapidamente associamos a ideia de mudança de atitude ou mudança de hábito, ações que geralmente são correspondentes às questões da mudança. Mudar faz bem? Depende de quem pergunta, de quem responde e de qual ângulo e/ou contexto que se analisa esta questão. O fato é que mudamos todos os dias, mudamos a todo momento, mudamos sempre. Nossas mudanças talvez nem sejam perceptíveis por nós, mas talvez o sejam para as outras pessoas. Mais ainda, às vezes seguimos os dias tão naturalmente ou tão acomodadamente que nem sentimos ou percebemos a necessidade urgente de mudar. Seguimos as vezes tão fixos em nossos caminhos que não nos damos conta que é preciso mudar. Mudar faz bem! É bom mudar! Ainda que seja apenas o lado da cama, mas é bom mudar. O poder da mudança é muito grande, é preciso nosso olhar, nossa percepção, nossa atenção, nossa vontade, nossa disposição, nossa atitude para mudar. Mudar provoca impacto, é preciso estar preparado (a) para isto. Mudar de lugar, mudar de rua, mudar de endereço, mudar de horário, mudar de hábito, mudar de ideia, mudar de perspectiva, mudar de visão, mudar de rumo, mudar de modo.  Se tens a correta percepção de que é preciso mudar, tome essa atitude e mude. Se percebes que é necessário mudar, não adie, mude. Se observas ao redor é já se convenceu de que  mudar é preciso, mude. Mude para melhor, mude para você, mude para as outras pessoas, mude o seu ambiente, mude para o mundo. “A cada nova pessoa que muda para o bem, nasce uma estrela no céu.” Mude sem receio, mude sem culpa, mude sem medo, arrisque-se em mudar. Ouse mudar. Acredite no poder da mudança e mude. 

 

Prof. Me. Sebastian Ramos
professorsebastian@hotmail.com

Notícias da editoria