Diário da Serra

AL volta aos trabalhos em Plenário na próxima segunda-feira (3)

Assessoria AL-MT 31/01/2020 Política

As sessões ordinárias de terças (vespertino – 17 horas), quartas (matutina – 8 horas e vespertina – 17 horas) e quintas-feiras (matutina – 8 horas) voltam a ser deliberativas

Política

Em sessão solene nesta segunda-feira (3), às 9 horas, a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa instala a 2ª sessão legislativa anual, da 19ª Legislatura. A solenidade é dividida em duas partes: a primeira com a presença de convidados especiais e apresentação de mensagens do Poder Executivo.

 

Na segunda parte da sessão, agora com a presença exclusiva de deputados no Plenário, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), concede às bancadas a palavra, pelo protocolo, a ser usada com vista ao acontecimento da instalação dos trabalhos legislativos.

 

Já no dia seguinte (4),  as sessões ordinárias de terça (vespertino – 17 horas), quarta (matutina – 8 horas, e vespertina – 17 horas) e quintas-feiras (matutina – 8 horas) voltam a ser realizadas em Plenário, seguindo o estipulado como horário regimental. Um dos focos do Parlamento, de acordo com Botelho, é discutir as regras da aposentadoria dos servidores públicos.

 

Para participar da sessão solene na próxima semana, a Coordenadoria de Cerimonial da Casa de Leis informa que foram emitidos convites a diversas autoridades políticas mato-grossenses. Durante a reabertura dos trabalhos, o governador Mauro Mendes (DEM) fará a leitura da mensagem do Executivo com a exposição dos negócios do Estado.

 

Caso o governador não tenha condições (incompatibilidade de agenda) de participar da solenidade, deve ser representado pelo secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho. O convite foi estendido aos chefes do Ministério Público do Estado, da Defensoria Pública, do Tribunal de Contas do Estado, e ainda aos três senadores de Mato Grosso e aos deputados federais.

 

Em recente entrevista a jornalistas de Cuiabá, Botelho disse que apesar de haver duas eleições neste ano, a suplementar ao Senado da República e as eleições municipais - prefeitos e vereadores- os trabalhos em Plenário não serão prejudicados.

 

Vale lembrar que na última sessão ordinária de setembro de 2020 acontece a eleição da Mesa Diretora para o biênio seguinte. A posse dos eleitos (para a nova mesa) acontece no 1º dia de fevereiro de 2021.

Notícias da editoria