Diário da Serra

Ações do Gefron causam baque financeiro de R$ 17,9 milhões em organizações criminosas

Secom-MT 05/02/2020 Polícia

Diferencial esse ano foi a Operação Hórus/VIGIA

Gefron apreende 1,4 toneladas de entorpecentes

Em 33 dias, o Grupo Especial de Fronteira (Gefron) apreendeu 1,4 toneladas de entorpecentes de 1º de janeiro a 03 de fevereiro, o que causou prejuízo ao crime de R$ 17,9 milhões. Desde 2019, o Gefron passou a contabilizar a estimativa de quanto a droga apreendida causou de prejuízo às organizações criminosas.


No mesmo período do ano passado, o Gefron apreendeu 557 kg de entorpecentes, o equivalente a cerca de R$ 7,2 milhões em drogas. O trabalho realizado pelo Gefron tem efeito financeiro muito grande aos grupos criminosos, além de resultar na prisão de traficantes.


Este ano foram registradas 27 ocorrências, ante a 16 no mesmo período do ano passado. Trinta e oito pessoas foram encaminhadas para as delegacias da Polícia Judiciária Civil e a Polícia Federal, 31 veículos foram apreendidos ou recuperados e uma arma apreendida em pouco mais de um mês. Ano passado foram 20 presos e 15 veículos apreendidos ou recuperados. Também se destaca o fato de 900 quilos de produtos contrabandeados (madeira) terem sido apreendidos este ano.


Para o comandante do Gefron, tenente-coronel Fábio Ricas, o diferencial esse ano foi a Operação Hórus/VIGIA, sendo possível um incremento de efetivo e fortalecimento das operações integradas, além dos investimentos realizados em 2019 pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) no grupo e parcerias público/privadas.

Notícias da editoria