Diário da Serra

Mutirões serão realizados em 50 pontos da cidade

Rodrigo Soares / Redação DS 17/02/2020 Saúde

Ação teve início no último final de semana, no Alto da Boa

Objetivo é combater o foco do Aedes aegypti

Com objetivo de recolher objetos que possam permitir a criação de focos do mosquito Aedes aegypti, a Vigilância Ambiental realizará um mutirão de limpeza e recolhimento de lixo em cinquenta pontos diferentes de Tangará da Serra.


A ação teve início no último final de semana, sendo o Residencial Alto da Boa Vista o primeiro ponto da cidade a receber o mutirão. De acordo com a coordenadora da Vigilância Ambiental, Isabela Talita, cinco caçambas estavam disponíveis no Alto da Boa Vista até esta segunda-feira, 17, onde os moradores tiveram a oportunidade de depositar gratuitamente o lixo que acumula água e que não foi colocado na coleta seletiva.


“Vamos dar continuidade nas ações de combate ao Aedes  aegypti. Vamos passar com o Caminhão basculante nesses locais”, informou a responsável, ao destacar que o próximo ponto a receber a ação será o Distrito de Progresso. “Estamos no período chuvoso, então dependemos do clima para realizar a ação, mas já temos o próximo local a receber a ação”, confirmou.


Conforme o Diário da Serra já veiculou em edições anteriores, os casos de dengue aumentaram em cerca de 200% em Tangará da Serra no ano passado, o que causa preocupação e situação de alerta nesse início de 2020.


“Temos um quadro a nível de Brasil que é alarmante em todos os municípios. Aqui em Tangará da Serra também tem aumentado esses casos, então a população tangaraense deve ficar em alerta”, alertou a responsável pela Vigilância Ambiental.

Notícias da editoria