Diário da Serra

Real Tangará completa 16 anos de histórias e conquistas

Redação DS 18/02/2020 Esportes

O Real Tangará atualmente realiza seus treinamentos no Campo da Vila Olímpica e areia do Módulo Esportivo

Equipe expõe algumas de suas conquistas na Vila Olímpica

Real Tangará completa 16 anos de histórias e conquistas

O Real Tangará Futebol Clube de Tangará da Serra, comandado pelo treinador Sasá, completou no último sábado, 15 de fevereiro, 16 anos de existência e como forma de registrar a data especial o time realizou na última segunda-feira, 17, na Vila Olímpica Rei Pelé, uma exposição de suas conquistas durante estes 16 anos. 


“Foi de forma simples, para registrarmos esta passagem de 16 anos da nossa equipe. Desta forma trouxemos aqui algumas de nossas conquistas, principalmente fora do estado de Mato Grosso, como também de eventos da nossa região”, disse Sasá.


A exposição de dezenas de troféus contou com a visita de atletas, pais, como também pessoas que faziam caminhada pelo local. “Foram muitas conquistas, olhando cada troféu lembramos de cada história e cada elenco, e nos deixa muito feliz em saber que a cada ano que passa as novas gerações continuam escrevendo esta história e conquistando títulos”, disse Sasá, informando que algumas conquistas precisam ser destacadas, como a primeira do time tangaraense que aconteceu em julho de 2009 na cidade de Marilia-SP, a época com a categoria ano base 1995, além dos seis troféus, sendo dois de campeão, e quatro de segundo lugar, que o Real Tangará conquistou no início deste ano. 


O Real Tangará atualmente realiza seus treinamentos no Campo da Vila Olímpica e areia do Módulo Esportivo, contando com média de 200 atletas entre a faixa etária de 04 a 17 anos, com treinamentos gratuitos no período masculino e feminino.


Sasá tem 31 anos, sendo desses, 16 anos dedicados, de forma voluntária, ao esporte de Tangará da Serra.


Resultados de 2020

A equipe comandada pelo treinador Sasá, o Real Tangará, disputou no mês de janeiro três competições, sendo em estados diferentes e conquistou importantes resultados para o município. O primeiro destino do time tangaraense foi na cidade de Itumbiara-GO, no qual o time se consagrou campeão com a categoria ano base 2004, além ainda do artilheiro com o jogador Tauan Gabriel e goleiro menos vazado com o atleta Walyson Leonardo.


Ao encerrar sua participação em Goiás, o time seguiu para Taquarituba-SP para disputar a competição com as categorias 2002, 2003, 2004 e ainda 2005. E mais uma vez o Real Tangará fez bonito chegando com três equipes na final, sendo campeã ano base 2005, vice-campeã com as equipes ano base 2002 e 2003, e ainda conquistou o goleiro menos vazado no 2005 com Kaique Nunes e artilheiro com Kauã Goes na mesma categoria. Já o jogador João Vitor Vitorino ficou como artilheiro da categoria 2003. 


Reconhecendo o nível técnico do time tangaraense, a organização convidou então o time para disputar outra competição na cidade de Paranapoma-PR. Devido o retorno do ônibus para Tangará da Serra, Sasá se arriscou ficando com apenas 11 atletas para disputar a competição nas categorias 2002 e 2003, e mais uma vez os atletas não desapontaram e colocaram o Real Tangará nas duas finais. Com um time limitado e guerreiro, as equipe acabaram sendo derrotadas na final, deixando assim o time de Tangará da Serra na segunda colocação das duas categorias. “Gratidão a todos amigos, familiares e principalmente os atletas pela dedicação, raça e determinação em todas as competições” resumiu Sasá, informando que o time terá diversas competições no ano de 2020.
 

Notícias da editoria