Diário da Serra

O QUE LEVA UM LÍDER A SER TÓXICO?

Gisele Moreira 18/02/2020 Artigos

Para alcançar a excelência na liderança, há algumas etapas que podem ser seguidas

Artigos

Seja um líder capaz de mover as pessoas em busca de um objetivo comum para manter seus negócios sustentáveis.


Existem líderes que conseguem influenciar tão negativamente no clima, que o índice de insatisfação entre os funcionários é extremamente alto e consequentemente alta a rotatividade. Isso se deve a forma de lidar com os funcionários.  Há vários fatores que levam um líder a ser tóxico:


• Falta de habilidade na comunicação ao solicitar as tarefas, intensificando demasiadamente o tom de voz e rispidez;
• Excesso de rigidez e exigência com os funcionários para cumprimento das tarefas;
• Comunicação falha, as informações não chegam na equipe operacional de forma adequada, causando distorções na execução;
• Exagero no perfeccionismo, o líder tende a ser tão detalhista que não confia na equipe operacional, preferindo que ele mesmo fazer as tarefas.
Nada de que o melhor dos planejamentos estratégicos dê conta disso, certo? Errado. Uma proposta inovadora e um bom plano de negócios só se transformam em uma empresa de sucesso se, por trás disso, tiver alguém capaz de conduzir a execução. E essas pessoas que executam, precisam ser altamente lideradas para se tornarem autolideradas.
Para alcançar a excelência na liderança, há algumas etapas que podem ser seguidas:
• Faça um processo de autoconhecimento, elegendo suas competências e priorizando aquelas que farão diferença e impactarão positivamente ao liderar uma equipe;
• Tenha um propósito claro da sua liderança, mostre que você está ali para somar, desenvolvê-los e não para ficar com o mérito;
• Seja duro com quem precisa de limites e viola os valores organizacionais, certificando-se de que a estratégia de recursos humanos esteja alinhada com a estratégia empresarial;
• Conduza as conversas com os funcionários de forma equilibrada, agindo com imparcialidade em situações de julgamento e de avaliação de seu pessoal;
• Descentralize as tarefas, delegando e instruindo a equipe;
• Planeje como as informações podem chegar sem ruídos para a equipe.
Quantas vezes você se pega pensando no tema deste artigo?


Qual visão de você mesmo, você quer ter para si?


Se você é líder, o trabalho mais importante é ajudar aqueles ao redor a atingir seu mais alto potencial, permitindo que eles tenham dois ou três cenários de um possível futuro, assim logo perceberá que sua atitude se traduzirá em alto desempenho para o alcance de metas na sua empresa.

 

Gisele Moreira - Consultora de RH e Coach

Notícias da editoria