Diário da Serra

Agenda Cultural em comemoração aos 10 anos do PPGEL começa hoje

Nathali Luize/Unemat Ciência 10/03/2020 Cultura

A entrada é gratuita e a participação garante certificado de 30 horas

Cultura

O Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários (PPGEL), está completando dez anos de atuação na Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), campus de Tangará da Serra. Em comemoração a data, o Programa, o Núcleo de Pesquisa Wlademir Dias-Pino e o Centro de Estudos e Pesquisas em Literatura Agnaldo Rodrigues (Ceplit) convidam a comunidade tangaraense para a agenda cultural, que será realizada nos dias 10, 11 e 12, a partir das 19h, no Centro Cultural da cidade. A entrada é gratuita e a participação garante certificado de 30 horas.

  

Durante as três noites, escritores do Mato Grosso vão lançar obras e participar de mesas com discussões sobre arte, cultura e literatura contemporânea. No primeiro dia de evento, terá o lançamento da coleção “Buritis”, com oito obras literárias que falam sobre o Mato Grosso, publicadas no início do século XX, mas que permaneceram desconhecidas durante a história. A coordenadora do PPGEL e organizadora do evento, Walnice Vilalva, destaca a importância das narrativas de “Buritis”. “Vão recontar um processo de colonização e de construção da modernização das cidades, como Tangará da Serra”, explica. 

 

Outras atrações vão compor a programação dos três dias de evento. Eduardo Mahon, um dos maiores romancistas de Mato Grosso e aluno do PPGEL, vai lançar a obra “Meia Culpa”. O documentário “Geração Coxipó” também será apresentado, ineditamente, junto com um bate-papo sobre leitura e identidade. Neste diálogo, 12 escritores vão estar presentes para interagir com os participantes do evento. 

 

Além da programação noturna, durante as manhãs dos dias 11 e 12, haverá Circuito Literário em oito escolas de Tangará da Serra. Escritores de vários lugares do Mato Grosso irão conversar com alunos do ensino médio e fazer sorteio de algumas obras. Segundo Walnice Vilalva, a iniciativa é uma estratégia de aproximar os alunos do ensino médio da literatura e da Unemat. “A ideia é que eles tenham contato com aquele aluno do ensino médio, que está tentando pensar em uma carreira e está se constituindo como leitor”, declara.   

Notícias da editoria