Diário da Serra

Governador Mauro Mendes evita polemizar, mas mantém restrições

RD News / Redação DS 25/03/2020 Política

Governo vai manter os decretos publicados até então, entre elas a suspensão de aulas e proibição de aglomerações

Política

O governador Mauro Mendes (DEM), em pronunciamento na manhã desta quarta-feira, 25, afirmou que o Governo vai manter os decretos publicados até então, entre elas a suspensão de aulas, proibição de aglomerações, fechamento de bares e estabelecimentos comerciais não essenciais, a suspensão do transporte intermunicipal, e a distância de ao menos 1,5 m entre as pessoas em instituições públicas e privadas.


“Vamos continuar a restringir o convívio social e a preparar toda a estrutura necessária para atender aos possíveis doentes do coronavírus. Mas, não iremos proibir nenhuma atividade econômica essencial, desde que haja a devida obediência às regras sanitárias”, afirmou Mauro, ao comentar o pronunciamento de Jair Bolsonaro (sem partido), em rede nacional. 


Apesar de não concordar na questão do isolamento social, Mauro demonstra afinidade com o posicionamento do presidente na questão econômica. Bolsonaro criticou, por exemplo, o governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel, que chegou a proibir voos vindos e com destino a Estados com grande número de infectados.


Na tarde de ontem, antes do pronunciamento de Bolsonaro, o governador anunciou que irá decretar situação de calamidade pública em Mato Grosso, com o objetivo de auxiliar os 141 municípios do Estado, que precisam adotar uma série de ações contra a pandemia.

Notícias da editoria