Diário da Serra

Tangará da Serra registra queda de roubos e furtos após isolamento social

Rodrigo Soares/ Redação DS 26/03/2020 Polícia
Polícia

As medidas restritivas decretadas recentemente para conter o avanço do novo coronavírus já refletem em mudanças na criminalidade em Tangará da Serra. É o que revela levantamento feito pelo 19º Batalhão da Polícia Militar, que compara demonstrativo criminal dos três primeiros meses de 2019 e 2020.


Conforme os dados, houve redução de 25% no crime de homicídio, 36% em roubo e 43% em furtos, em comparativo com o primeiro trimestre. “De quatro homicídios reduzimos para três, de 55 roubos reduzimos para 35 e de 374 furtos diminuímos para 214”, comentou o comandante do 19º Batalhão da PM, Tenente Coronel Vanilson, ao destacar que a avaliação é positiva, diante das últimas medidas adotadas contra a transmissão do novo coronavírus. 


Conforme o gráfico cedido pela PM, em janeiro desse ano foram registrados 20 roubos, sendo que em fevereiro caiu para 10 e em março foram registrados apenas 05, até a data de hoje. 


Os dados revelam ainda que 89 casos de furtos foram registrados em janeiro. O número despencou para 71 em fevereiro, chegando a apenas 54 em março. 


“Observamos que todas as ações tomadas para resolver ou tentar diminuir esse contágio do coronavírus, até agora não refletiram negativamente nos nossos índices criminais”, avaliou o comandante, enfatizando ainda que, apesar das medidas de isolamento social, o policiamento tem sido atuante em Tangará da Serra no combate a criminalidade. 


 “Continuamos com o trabalho. Apesar de estarmos dando apoio as instituições municipais, também continuamos o trabalho policial, monitorando índices criminais para que eles não se acendam nesse período”, completou. 
 



Notícias da editoria