Diário da Serra

Sindicato Rural avalia possibilidade de realização ou não da Exposerra em 2020

Tangará em Foco 02/04/2020 Geral

A festa, que tradicionalmente ocorre no mês de setembro de cada ano, poderá ser adiada atendendo à recomendações do Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde

Geral

Diante do cenário de incerteza e apreensão criado pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19) em todo o mundo, o Sindicato Rural de Tangará da Serra está avaliando a possibilidade de realizar ou não a Exposerra em 2020.


A festa, que tradicionalmente ocorre no mês de setembro de cada ano, poderá ser adiada atendendo à recomendações do Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde (OMS) que recomendam que não haja aglomeração.


De acordo com o presidente da entidade, Reck Júnior, há cerca de 20 dias, antes do coronavírus ganhar a proporção que ganhou, houve uma reunião da diretoria com os parceiros do evento, onde já começaram a estudar o formato da festa, a contratação dos shows, da equipe de rodeio, dentre outros. “Pela magnitude da festa, demanda um tempo para organizar e decisões devem ser tomadas com antecedência”, destacou.


Todavia, diante da dimensão ascendente do problema, o Sindicato Rural decidiu reavaliar o projeto da Exposerra 2020. “Nós tomamos a decisão de aguardar até o final do mês de abril”, disse, informando que no final do mês será feita uma reunião com toda a diretoria do Sindicato para tomar a decisão.


A expectativa é de que o cenário mude ao longo das próximas semanas e meses. “Vamos primeiro fazer uma avaliação desse contexto da saúde, em primeiro lugar é a saúde de todos nós, essa é nossa prioridade, preservar a vida das pessoas”, destacou Reck.
 

“Em segundo vem a questão da economia”, disse, comentando que há inúmeras empresas já enfrentando dificuldades em se manter, em arcar com custos e até de manter os funcionários empregados.

 

“Muita gente que já estava desempregada e que estavam em busca de uma oportunidade de emprego e agora a situação ficou ainda mais difícil”, destacou, frisando que no final de abril o Sindicato decidirá sobre o evento.

Notícias da editoria