Diário da Serra

“O dinheiro público não é para dar lucro, é para dar serviço”, dispara Quintão

Redação DS 28/04/2020 Geral

Na tribuna, o vereador criticou o serviço desenvolvido pela Secretaria de Infraestrutura

Geral

O presidente da Câmara Municipal de Tangará da Serra, vereador Ronaldo Quintão (PSL), usou a tribuna na tarde desta terça-feira, 28, para criticar o serviço de pavimentação e tapa buracos desenvolvido pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra), hoje gerida pelo secretário Wesley Lopes Torres.


Segundo ele, a pavimentação em toda a cidade está ruim, se referindo especialmente o serviço executado na região da Vila Esmeralda. “Na Vila Esmeralda a Sinfra arrancou o asfalto (...) e não refez. Mas a gente não espera uma coisa com celeridade, com agilidade e rapidez do Wesley, porque o Wesley assumiu a Sinfra e está deixando a cidade pior que estava. No período que poderia ter realizado algum serviço ou licitado o material,  não foi feito nada, por isso que não estamos vendo o serviço andando a contento. Está andando a passo de tartaruga. [O serviço] está sendo feito lentamente, por falta de material”, disparou. “Mas a gente já esperava que isso fosse acontecer em virtude de que o Wesley está no Samae desde 2013 e nós estamos sem água. A gente já sabia que isso ia acontecer na Sinfra também”.


Por fim, Quintão afirmou que aquela Casa de Leis fez seu dever de casa, aprovando projetos e suplementações para a Infraestrutura, além de cobrar os serviços, mas que, mesmo assim, os serviços não estão sendo realizados. “Por isso que tem superavit todos os anos, mas o superavit na administração pública é uma forma de incompetência, uma forma de inabilidade para poder executar o seu próprio orçamento. Não é uma vantagem. O dinheiro público não é para dar lucro, é para dar serviço. A população tem que ser atendida, tem que ser assistida. As ruas tem que estar boas, temos que dar condições para que o município possa andar, gerar emprego e produzir”, finalizou.

Notícias da editoria