Diário da Serra

Frente fria chega a Tangará da Serra nesta semana

Fabíola Tormes / Redação DS 04/05/2020 Geral

A temperatura mais fria começa a ser sentida a partir de quinta-feira, 7

O frio destas massas polares se sustenta por um período de 2 a 4 dias

Uma grande e forte frente fria avança sobre o Brasil. Ela começa a ser sentida a partir desta terça-feira, 5, mas o frio de sua massa polar só deve chegar do dia 6 em diante. Esta frente fria tem potencial para provocar até alguns temporais durante a sua passagem.


De acordo com a meteorologista da Climatempo, especialista em previsão de clima, Patricia Madeira, esta é a primeira onda de frio forte do outono. “É com ela que vamos sentir uma clara mudança no clima no Brasil, que vamos sentir que o frio começou de verdade. Mas ainda teremos outra onda de frio em maio, na segunda quinzena, que também será forte e abrangente”.


O frio destas massas polares se sustenta por um período de 2 a 4 dias e depois a temperatura já entra em elevação.


Em Tangará da Serra, conforme previsões, a temperatura mais fria começa a ser sentida a partir de quinta-feira, 7, quando o dia amanhecerá nublado, com possibilidade de garoa. Para este dia a mínima prevista será de 17º e a máxima não passará de 27º.


Já na sexta-feira, 8, o dia será de sol, mas com nevoeiro ao amanhecer, e temperaturas mais baixas ainda. A mínima é de 13º e máxima de 26º. No sábado, 9, a temperatura será bem parecida com a da sexta-feira, porém com previsão de um frio ainda maior: mínima de 11º.


No domingo,  10, Dia das Mães, a temperatura começa a subir novamente, com previsão de máxima na casa dos 33º e mínima de 19º. A próxima semana a previsão é de sol.


Recordes - Esta massa polar deve estabelecer as menores temperaturas deste ano no Brasil, com novos prováveis recordes de frio nas capitais Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, em São Paulo, Rio de Janeiro, Campo Grande, Cuiabá, Rio Branco e Belo Horizonte. Até agora, o menor valor registrado por órgãos oficiais de monitoramento meteorológico foi de 3,7°C negativos em Urupema, na parte mais elevada de Santa Catarina.
 

Notícias da editoria