Diário da Serra

Padrasto que abusava da enteada de 12 anos desde que ela tinha 6 é preso pela PM

Alexandre Rolim / Tangará em Foco 17/05/2020 Polícia

Um homem foi preso pela Polícia Militar de Tangará da Serra na noite deste sábado, 16, acusado de abusar sexualmente da enteada, hoje com 12 anos de idade, desde que ela era uma criança de apenas 6 anos.


A revelação veio durante uma festinha no Jardim Tangará II, onde eles residem. Depois de beberem, houve uma discussão e a pré-adolescente disse para todos os presentes que era abusada pelo padrasto há quase 7 anos.


De acordo com o tenente Marcos Costa, da Polícia Militar, a menina contou a todos na festa sobre os abusos do companheiro de sua mãe, a qual não sabia e não desconfiava de nada.


Desde que ele foi morar com a mulher começou a abusar de sua filha, dentro de casa. Com medo, a menina nunca contou a ninguém sobre o que o padrasto lhe fazia.


Chocada, após ouvir a revelação da filha, a mãe chamou a polícia neste sábado e o elemento foi preso e levado para a Delegacia.


Uma policial do sexo feminino conversou com a menina, que revelou detalhes dos abusos que ocorriam desde que ela era uma criança.


O padrasto foi entregue à Polícia Civil e deverá responder pelo crime de estupro de vulnerável.

Notícias da editoria