Diário da Serra

Estabelecimento em que se confirme contaminação de funcionário deverá providenciar desinfecção do local, alerta prefeito

Fabíola Tormes / Redação DS 16/05/2020 Geral

Aqueles que descumprirem as regras sanitárias serão interditados, afirma prefeito

Geral

O prefeito de Tangará da Serra, Fábio Martins Junqueira (MDB) usou sua página pessoal na tarde deste sábado, 16, para informar que Município não tem intenção de adotar lockdown – versão mais rígida do distanciamento social e quando a recomendação se torna obrigatória, entretanto que a partir de agora a fiscalização sanitária será cada vez mais severa. 


Sua fala foi diretamente aos empresários do Município para que redobrem os cuidados, especialmente quando confirmada a contaminação pelo Coronavírus de um funcionário. “Em caso de estabelecimento comercial em que se confirme contaminação de funcionário, haverá a interdição para que seja providenciada a desinfecção do estabelecimento e será liberado após a certificação de desinfecção e o monitoramento de demais trabalhadores”.
 

Além disso, alerta o prefeito, os estabelecimentos devem controlar sintomas febris e outros sintomas de seus funcionários diariamente antes do inicio da jornada e informar a vigilância epidemiológica imediatamente, assim como continuar seguindo demais regras sanitárias, como uso de máscara, entre outras. “Se constatado que o sintomático continuou trabalhando, houve confirmação de desobediência às regras sanitárias para prevenção de Covid-19, com isso será promovida a interdição e consequente medida de desinfecção como exigência para reabrir”.
 

Boletim
 

Tangará da Serra tem 34 casos confirmados da doença, sendo que 16 foram confirmadas nas últimas 48 horas. Desses 34, 13 evoluíram para a cura e 21 continuam em isolamento domiciliar.
 

Desde o início da pandemia, a Saúde local registrou 289 suspeitos, sendo 34 confirmados, 224 descartados e 31 seguem em investigação, aguardando resultado de exames laboratoriais.
 

Dos 34 casos confirmados, 09 tiveram transmissão tipo importada, 16 local e 09 comunitária.

Notícias da editoria