Diário da Serra

Vereador busca auxílio emergencial para camelôs, mototaxistas e motoristas do transporte escolar

Redação DS 20/05/2020 Geral

Objetivo é minimizar os impactos financeiros causados por esse período, garantindo a manutenção familiar

vereador Romer Sator Yamashita - Romer Japonês (PV)

O vereador Romer Sator Yamashita, o Romer Japonês (PV) indicou ao Executivo Municipal a criação de um auxílio emergencial para camelôs, mototaxistas e motoristas de vans que trabalham como o transporte escolar em Tangará da Serra, afetados pela pandemia do coronavírus (Covid-19).


De acordo com o vereador, a indicação 312/2020 tem a finalidade de atender reivindicações da própria população, afetada financeiramente por estarem impedidos de trabalhar em razão das medidas restritivas adotadas pelo setor público. “A pandemia do novo coronavírus trouxe muitas consequências aos pequenos e microempresários, o Município tomou medidas como o isolamento social e a quarentena, com objetivo de achatar a curva de contágio, causando transtornos econômicos a essas pessoas”, disse.


O objetivo do auxílio, de valor ainda não definido, de acordo com o vereador, é minimizar os impactos financeiros causados por esse período, garantindo a manutenção familiar e colaborando para garantir o bom andamento da economia local.


Para Romer, os recursos para esse auxílio poderiam ser do repasse emergencial do Covid-19 feito pelo Governo ou do duodécimo que a Câmara devolveu ao longo dos anos para a Prefeitura, sendo o último estimado em um milhão de reais. A indicação foi aprovada e será encaminhada ao Executivo Municipal.


FEIRANTES – Recentemente o vereador Fábio Brito – Fabão (PSDB) fez indicação parecida, sugerindo o auxílio emergencial aos feirantes de Tangará da Serra. Em conversa com o Diário da Serra, o vereador afirmou que o auxílio contribuiria com esses trabalhadores, que tanto sofreram com o fechamento de seus locais de comercialização – as tradicionais Feiras do Produtor.

 

Vale ressaltar que em Cuiabá, a Câmara Municipal aprovou o projeto enviado pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) para a destinação do auxílio financeiro temporário de R$ 500 para 1.687 trabalhadores autônomos inscritos na Prefeitura de Cuiabá. 
 

Dessa forma, a Prefeitura de Cuiabá está autorizada a transferir mais de R$ 2,5 milhões para o apoio às categorias dos feirantes, carroceiros, catadores de recicláveis, ambulantes e transporte escolar. (Com informações Tangará em Foco)



Notícias da editoria