Diário da Serra

NÃO ESPERE PERDER PARA GANHAR

Euller Sacramento 02/06/2020 Artigos

A maternidade e a paternidade é uma construção diária, ninguém nasce pai e mãe

Artigo 'NÃO ESPERE PERDER PARA GANHAR'

Carreguei nove meses na barriga, quando nasceu foi a emoção mais intensa que senti em toda minha vida. Cuidei com tanto carinho, não cansava de olhar para ela e pensar como era tão linda e cheirosa.


Você precisava ver quando começou a engatinhar, noooossa!!! que linda, minha filha engatinhando, depois de alguns meses no colo, na cama, no sofá, ela finalmente estava engatinhando. E os primeiros passinhos então, fui à loucura, gritei vem ver ela dando os primeiros passos, mas quando terminei de gritar ela caiu sentada. Não sei explicar o que senti, mas foi maravilhoso!


Quando ela ficava doente eu corria para o hospital, ali passei horas pois vivia doente, que canseira e no outro dia a vida continuava, trabalho fora, afazeres domésticos, mas sabe como é, mãe tira forças não sei de onde para aguentar tudo isso.


E o seu primeiro dia na escolinha, não sei quem chorava mais: eu ou ela. Acredite, eu, rsrsrs, quando ia para casa me debruçava em lágrimas, mas passou, ela está bem na vida escolar e tenho muito orgulho por isso.


Tudo isso passou tão rápido, foi tão intenso que no momento em que vivia essa experiência, parecia ser uma eternidade, mas hoje olho e vejo que passou num piscar de olhos. Cuidei com tanto carinho, amo tanto minha filha que até dói o peito de tanto amor, quero cuidá-la, não queria que ela saísse de perto de mim, já passamos por tantos momentos juntas, tantas coisas...


Hoje, parecemos duas estranhas dentro da mesma casa, ela não conversa comigo, tento puxar assunto, mas ela não fala nada e me sinto culpada. Onde foi que eu errei, não é possível eu passar por tudo que passei, viver tudo que vivi com minha filha e hoje parecermos duas pessoas estranhas.


Minha filha não conversa mais comigo e o pior que eu já nem sei mais o que fazer, estou desesperada, sinto que a estou perdendo, mas não quero. PAIS, VOCÊS NÃO PRECISAM ESPERAR PERDER PARA QUERER GANHAR.


A maternidade e a paternidade é uma construção diária, ninguém nasce pai e mãe. Se você está errando na tentativa do cuidado com seu filho: PARE, PENSE e REFLITA.


Não espere perder seu filho para querer ganhá-lo. Perder o respeito, o amor, o companheirismo, a parceria, enfim...

 

Euller Sacramento é Palestrante e Psicólogo Infantil, especialista em (re)conectar pais e
Filhos(as) emocionalmente na IMAGINARE Clínica Integrada em Tangará da Serra – MT. Instagram: @eullersacramento



Notícias da editoria