Diário da Serra

POSSE COLETIVA – Rotary empossa Governadora e presidentes

Fabíola Tormes / Redação DS 28/06/2020 Geral

Foram empossados a nova Governadora e presidentes de clubes

Posse Virtual do Distrito para o Ano Rotário 2020-21

O Movimento Rotário no Estado de Mato Grosso – Distrito 4440 – realizou no último sábado, 27, a cerimônia de Posse Virtual do Distrito para o Ano Rotário 2020-21. Na oportunidade, a tangaraense Brígida Maria Fischer foi empossada Governadora Distrital do Rotary, em substituição a dirigente Washington Calado Barbosa.


Na sequência, Brígida empossou seu gabinete, os 95 presidentes dos clubes de Rotary no Distrito e outros presidentes que compõem o Movimento. De Tangará da Serra foram empossados presidentes os associados:  Jackeline de Oliveira Gomes Alfonso, no Rotary Club Tangará da Serra;  Irineu Rech, no Rotary Club Tangará da Serra Cidade Alta; Carlos Ramão Melo, no Rotary Club Tangará da Serra Centro; Matheus Sommer Castro, no Rotaract;  Júlia Correia Vieira dos Santos, no Interact; João Vinicius Gomes Alfonso, no RotaKids; e Leonilda Moratelli, na ASR Tangará.


“Será um ano atípico em função da grande pandemia pelo qual atravessa o mundo, mas, ao mesmo tempo em um ano de reinvenção, onde acredito que será um ano de muita atuação dos clubes de serviços humanitários, portanto será um ano de muitas alegrias pois o clube de serviço existe para ajudar as pessoas, para ajudar a comunidade, para ajudar o mundo”, afirma o novo presidente do Rotary Club Tangará da Serra Centro, Carlos Ramão Melo.


“Estamos trabalhando de forma remota desde o início da pandemia, realizamos grandes ações e arrecadações neste período com doação de cestas básicas e fundos para compra de kits [testes rápidos] e o plano é continuar desta mesma forma, fazendo projetos a distância, mas que a gente consiga continuar servindo a população. Este é o nosso foco (…) principalmente neste primeiro semestre”, completa a presidente Rotary Club Tangará da Serra, Jackeline de Oliveira Gomes Alfonso.


Leonilda Moratelli, que assumiu a presidência da Casa da Amizade, também destacou a necessidade de mudança, mas que, com a colaboração e comprometimento de cada  associada, tudo será realizado a contento. “Precisaremos de muito companheirismo e união, resiliência e serenidade para dar continuidade ao nosso trabalho voluntário, que tão bem sabemos fazer, mantendo a nossa essência viva, que é o servir”.
 



Notícias da editoria