Diário da Serra

Pastor da Assembleia de Deus morre com Covid-19 em Cuiabá; filho morreu há 5 dias pela mesma doença

Denise Soares / G1 MT 08/07/2020 Geral

A mulher dele, pastora Nilda de Paula, de 90 anos, teve Covid-19, foi curada e teve alta médica na terça-feira. Pastores eram as maiores lideranças da igreja no estado

Geral

O pastor da Assembleia de Deus, Sebastião Rodrigues de Souza, de 89 anos, morreu na manhã desta quarta-feira, 8, internado com coronavírus, em Cuiabá. Ele morreu cinco dias depois do filho dele, também pastor da mesma igreja, Rubens Siro de Souza, de 68 anos.


A mulher dele, pastora Nilda de Paula, de 90 anos, teve Covid-19, foi curada e teve alta médica na terça-feira, 7.


Pai e filho estavam internados desde o final do mês de junho na Unidade de Terapia (UTI) de um hospital particular, em Cuiabá.
 

A União de Mocidade das Assembleias de Deus de Cuiabá e Região (Umadecre) fez uma postagem no Facebook lamentando a morte do pastor.
 

Rubens Siro era vice-presidente da Convenção dos Ministros das Assembleia de Deus (COMADEMAT).

 

LUTO - O Governo de Mato Grosso vai decretar luto oficial de três dias pela morte do pastor Sebastião Rodrigues de Souza, de 89 anos, líder da Assembleia de Deus no estado. Ele morreu na madrugada desta quarta-feira, vítima da covid-19. O pastor Sebastião liderou a Assembleia de Deus por quase 50 anos em Mato Grosso.

 

“Tinha por ele uma grande admiração pelo líder e homem de Deus que ele sempre foi. Sua igreja e a sua fé permanecerão vivos para sempre. Eu e minha esposa Virginia Mendes estamos em oração para que Deus conforte o coração dos familiares, amigos e dos milhares de fiéis”, afirmou o governador Mauro Mendes.

Notícias da editoria