Diário da Serra

“O delivery não funciona igual para todos os comércios”, desabafa comerciante, obrigada a trabalhar somente com entregas no domingo

Redação DS 10/07/2020 Geral

Conforme orientação de Decreto nº 297, os comércios de gêneros alimentícios poderão abrir suas portas neste domingo, 12, porém, sendo vedado atendimento ao público presencial no estabelecimento comercial

Geral

Depois de decretar o fechamento de todos os estabelecimentos supermercadistas, do ramo alimentício, entre outros, aos domingos, o Executivo Municipal voltou atrás e autorizou o funcionamento desses e de outros estabelecimentos comerciais.


Conforme orientação de Decreto nº 297, padarias, os comércios de gêneros alimentícios (incluindo os estabelecimentos que vendem carnes prontas e/ou almoço de domingo) e as atividades de distribuição de gás e água poderão abrir suas portas neste domingo, 12 de julho, porém, sendo vedado atendimento ao público presencial no estabelecimento comercial – somente na forma de delivery.
 

A decisão não agradou a todos, como a comerciante Kátia Berta, que afirmou que em seu estabelecimento o delivery não é interessante. “Os meus clientes de assados vem em compras e querem olhar o produto, escolher e levar na hora. O delivery não funciona igual para todos os comércios. Deveriam ser melhor analisado cada tipo de empresa para haver essas tomadas de decisões”, desabafa. “Mais um fim de semana tenso para nós comerciantes.  Que Deus olhe muito por nós”.
 

Já os supermercados abrirão normalmente aos domingos. Além disso, estão autorizados a manterem seus estabelecimentos abertos por até mais 3 horas por dia.

Notícias da editoria