Diário da Serra

TANGARÁ DA SERRA – Obra do Centro de Excelência em ILPF é iniciada

Assessoria Sindicato Rural 16/07/2020 Rural

Ao todo serão 3.486,43 metros quadrados de área construída

A obra está orçada em R$10.413.457,70

Obra do Centro de Excelência em ILPF é iniciada

Foi dada a largada na obra do Centro de Excelência em Integração Lavoura Pecuária e Floresta (ILPF). A unidade será construída em uma área de 18.868 metros quadrados, anexa ao Parque de Exposição, que foi doada como contrapartida do Sindicato Rural de Tangará da Serra. A obra será administrada pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) e Senar – AR/MT e financiada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDS) através da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e Senar – Administração Central.


De acordo com o presidente do Sindicato Rural, Reck Junior, o Centro de Excelência será um marco histórico, planejado com tecnologias inovadoras sustentáveis e executado com mão de obra local, o que contribuirá com o desenvolvimento socioeconômico da região. Ao todo serão 3.486,43 metros quadrados de área construída com 3.950,41 metros quadrados de área coberta. A obra está orçada em R$10.413.457,70 e será executada pela construtora Monteiro de Brasília (DF), que venceu a licitação.


“Mais uma vez os produtores rurais estão unidos através destas instituições para disponibilizar melhorias e inovações para toda a sociedade. Também precisamos ressaltar que este início de obra neste momento de pandemia será muito importante pois irá gerar mais de 100 empregos diretos e no decorrer de toda a construção serão injetados mais de R$10 milhões na economia da nossa cidade. Após a construção, iremos fomentar mais uma cadeia produtiva na região”, destacou Reck.


No local, a formação profissional rural será ampliada com a oferta de cursos técnicos de nível médio e nível superior de tecnologia, nas modalidades à distância e presencial. Também serão ofertados cursos de formação inicial continuada. Jovens e adultos do campo e da cidade terão a oportunidade de participar das qualificações, que possibilitarão a entrada imediata no mercado de trabalho.


“Este é o quarto a ser construído no Brasil”, revela Corral

“Um dos principais objetivos do Centro de Excelência é acumular conhecimento sobre diversas cadeias produtivas para depois difundir para outros produtores do Brasil inteiro, já que este é o quarto a ser construído no Brasil”, destacou o presidente da Famato, Normando Corral, da importância do significado do Centro de Excelência em construção em Tangará.


“Tem o Centro de Excelência em Pecuária de Corte que fica em Campo Grande (MS), o Centro de Excelência de Frutíferas que fica em Juazeiro (BA), o Centro de Excelência de Café que está sendo construído em Varginha (MG) e, agora, o Centro de Excelência em ILPF que abrange várias cadeias produtivas e está sendo construído em Tangará da Serra. A decisão por construí-lo em Tangará se deve principalmente às características de nossa região. Num raio de 300 quilômetros nós temos todas as grandes culturas como soja, milho, algodão, cana-de-açúcar, pecuária de corte e também hortifruti”, completou.


A previsão é que a obra seja entregue em 10 meses.



Notícias da editoria