Diário da Serra

MEU SONHO É QUE MEU FILHO...

Euller Sacramento 28/07/2020 Artigos

O erro dos pais é quando dizem, meu filho vai ser tudo que eu não fui

Artigo 'MEU SONHO É QUE MEU FILHO...'

Quando estamos grávidos planejamos e sonhamos tantas coisas aos nossos filhos: ah! ele vai ser jogador de futebol, vôlei, praticar esportes, balé, natação, vou ensinar tudo que sei, ele será um médico, advogado e/ou engenheiro. Eis que chega o dia, o bebê nasce e vem aquele pensamento: meu Deus, essa criança saiu de mim, nem estou acreditando, tão linda, que louco, será que vou conseguir cuidar, será que serei uma boa mãe, um bom pai, mas sou muito nervosa, será que conseguirei dar peito, ‘ai meu Deus’.


O pai da criança quando descobre a paternidade pensa: “caraca” vou ser pai, isso é verdade? (depois de ter lido o exame umas 50 mil vezes), meus Deus, preciso trabalhar, não quero deixar nada faltar para meu filho, vou dar tudo que não tive, “cara, véi” vou ser pai. Chega nos amigos e grita, galera vou ser paaiiiii, ou com cara de choro e tristeza e diz: galera serei pai, estou F*@%!&. Não sei o que fazer, estou desesperado, não estou pronto para isso, acho muita responsabilidade, não cuido nem de mim.


Durante esses processos de alegria, medos e inseguranças projetamos em nossos filhos sonhos e planos.


— Farei de tudo para não faltar nada para meu filho, inclusive ele será tudo o que eu não pude ser.


Durante a fase de desenvolvimento do filho, ensina suas habilidades e tudo que aprendeu durante a vida. Com o passar dos anos (e não precisa passar tantos anos) ele resolve seguir os próprios caminhos. A criança não é um objeto, tem desejos, vontades e começa a dizer que não quer isso ou aquilo que VOCÊ sonhou para ela. Cooooomo assim?


— Você sabe que eu não tinha nem metade das coisas que tem. Quando era pequeno precisava andar 30 km para conseguir ir à escola, meus pais não tinham condições de comprar todo esse material escolar, roupas, calçados, brinquedos...


Mãe e pai, projetamos em nossos filhos muitas coisas: as boas, mas também as ruins, as frustrações, lembra daquele ditado, a fruta não cai longe do pé? Nem sempre as frutas que cairão, dará para alimentar.

O erro dos pais é quando dizem, meu filho vai ser tudo que eu não fui


O erro dos pais é quando dizem, meu filho vai ser tudo que eu não fui. Vou repetir: MEU FILHO VAI SER TUDO QUE EU NÃO FUI. Ele pode ser tudo que não foi e vai se orgulhar, tenho certeza disso. Mas e se ele não for e se ele não quiser ser, e se ele for o oposto daquilo que sonhou para ele? Já parou para pensar nisso?


Em vez de tentar adivinhar o que seu filho será, o que acha de perguntar ou ir observando no dia a dia quais as habilidades que ele vem se desenvolvendo e ofereça meios, recursos materiais e principalmente emocional, para que ele torne essa habilidade F#&%.


O seu sonho nem sempre será o mesmo do seu filho. Se lhe faltaram oportunidades na vida para realizá-los, paciência, entenda que embora seu filho tenha agora as oportunidades, os sonhos dele podem não ser os seus.

 

Euller Sacramento é psicólogo e especialista em (re)conectar pais e filhos emocionalmente. Instagram: 
@eullersacramento



Notícias da editoria