Diário da Serra

Tratativas comerciais entre Mato Grosso e Bolívia avançam e já têm cronograma de atividades entre os países

Assessoria 01/08/2020 Geral
Geral

O presidente do Sindicato Rural de Tangará da Serra e da Associação Pró-Hidrovia do Rio Paraguai, Reck Júnior, participou de reuniões esta semana em Cuiabá, na Famato e no Palácio Paiaguás, com a presença de representantes do governo da Bolívia, entre eles o novo embaixador boliviano no Brasil, Wilfredo Rojo Parada. Na pauta, tratativas bilaterais entre Brasil e Bolívia e especialmente entre Mato Grosso e Bolívia.


Foram discutidos assuntos importantes como o fornecimento de gás natural para indústrias de etanol, compra do gás boliviano, compra de fertilizantes através da hidrovia, internacionalização do aeroporto Marechal Rondon e pavimentação de trecho rodoviário entre San Matías e San Ignacio. Também foram apresentados dados da produção agrícola pelo Imea da área de influência do Porto de Cáceres, números que surpreenderam a delegação boliviana.
 

“Foi um encontro muito importante porque estamos trabalhando há quatro anos nas negociações com a Bolívia. Fomos muito bem recebidos no Palácio Paiaguás (…)  conseguimos avançar bastante e principalmente já conseguimos marcar uma nova reunião para dar sequência. Tratamos das demandas e das ofertas que temos no agronegócio e também sobre gás e outros assuntos. Foram discussões bastante amplas, mas com muita objetividade. A Bolívia está com um novo governo, mesmo processo que passamos há um ano e meio em nosso estado e em nosso país. Hoje temos um governo que valoriza a iniciativa privada e que entende a importância do desenvolvimento da indústria e do setor produtivo. Acreditamos que a Bolívia está no mesmo caminho, conseguimos avançar bastante nas tratativas bilaterais entre Brasil e Bolívia e especialmente entre Mato Grosso e Bolívia, onde temos bastante produtos para oferecer para a Bolívia e temos também bastante interesse em comprar os produtos e matérias-primas que eles têm lá”, destacou Reck Júnior.
 

De acordo com o chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho Junior, a reunião serviu também para já finalizar um cronograma de atividades após anos de negociações. “Desde o início da gestão do governador Mauro Mendes já estivemos por três vezes na Bolívia e eles também estiveram aqui. Mas nesta reunião tratamos da finalização de um cronograma das atividades que teremos a partir de hoje. Foi uma reunião extremamente profissional para tratar de assuntos de grandes interesses para o estado de Mato Grosso e também para a Bolívia. Tratamos do fornecimento de gás para Mato Grosso, da rodovia San Matías e San Ignacio ligando as estradas de Mato Grosso, do porto de Cáceres, sobre trazer ureia da Bolívia e levar soja daqui para lá. Foram vários assuntos importantes, inclusive sobre a zona de processamento de exportação de Cáceres e San Matías. Assuntos relevantes que a partir de agora nós temos um cronograma e cartas já pré-estabelecidas para conclusão e efetivação de conversas que vêm há muitos anos e que o governo do Mato Grosso está, por orientação do Mauro Mendes, já colocando em prática todas essas conversas. Colocando também os interesses do Mato Grosso no seu desenvolvimento e logicamente os interesses da Bolívia”, ressaltou Mauro Carvalho Júnior.
 

Outra reunião esta semana com a comitiva boliviana aconteceu no Edifício da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato), onde foram apresentados dados de Mato Grosso. “Também quero agradecer ao Normando Corral, presidente da Famato e ao Rogério Romanini, diretor de Relações Institucionais da Famato e o Daniel Latorraca Ferreira, superintendente do Imea que apresentou os dados do agronegócio Mato-grossense. Mato Grosso se transformou em um gigante em produção de alimentos para o mundo. Muitas vezes atravessamos o pacífico e o atlântico para abrir novos mercados, sendo que temos países vizinhos com potencial para comprar nossos produtos e não estamos olhando para este mercado. Temos que fazer de tudo para abrir estes mercados também”, acrescentou Reck Junior.



Notícias da editoria