Diário da Serra

Polícia prende homem que quase matou a ex-mulher espancada no final de semana em Tangará

Alexandre Rolim / Tangará em Foco 08/08/2020 Polícia

Ele, que estava foragido desde o início da semana, foi preso nesta sexta-feira

Polícia

A Polícia Judiciária Civil (PJC) prendeu nesta sexta-feira, 07, o homem que quase matou a ex-mulher, de 39 anos, espancada no último final de semana em Tangará da Serra. Edmilson Albuquerque, foragido desde o início da semana, foi detido em uma região de mata no distrito de Deciolândia. Os policiais passaram o dia na mata buscando pelo acusado.


De acordo com o investigador Valmir Castrillon, a PJC mobilizou três equipes e chegou ao local onde Edmilson estava, na zona rural, por volta das 6 horas da manhã de hoje, para cumprir mandado de prisão. Quando avistou os policias, o acusado pulou da carroceria de um caminhão e se embrenhou numa região de mata. A partir daí a Polícia Civil começou a fazer buscas na região e só localizou o suspeito quase 12 horas depois, escondido em um barraco no meio do mato.


“Quando chegamos para fazer a abordagem dele, ele conseguiu fugir e entrou numa mata densa na localidade, desde as 6 horas da manhã, nós fizemos varreduras e utilizando técnicas de rastreamento na mata conseguimos localizar ele no início da noite, em um barraco no meio da mata”, disse o investigador.
 

Edmilson será submetido a um exame de corpo de delito e em seguida será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Tangará da Serra, onde permanecerá preso, respondendo pelos crimes que cometeu, como agressão, cárcere privado e tentativa de homicídio.
 

Pais do acusado
 

A mãe e o padrasto de Edmilson continuam presos acusados de serem coniventes com as agressões sofridas pela mulher. O homem está preso no CDP de Tangará da Serra, enquanto a mulher foi transferida nesta sexta-feira, 07, para o presídio feminino de Nortelândia.

Notícias da editoria