Diário da Serra

Obras entre Barra do Bugres e Cáceres são vistoriadas pela Sinfra

Karine Miranda | Sinfra-MT 01/09/2020 Geral

A MT-343 é considerada uma importante rota de escoamento de produtos do agronegócio, pois possibilita a ligação dos municípios de Cáceres, Porto Estrela e Barra do Bugres

Geral

O secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, vistoriou nessa segunda-feira, 31 de agosto, as obras de pavimentação de 120 quilômetros  da MT-343, além da  construção de novas pontes, entre Barra do Bugres e Cáceres, na Região Oeste de Mato Grosso.


A MT-343 é considerada uma importante rota de escoamento de produtos do agronegócio, pois possibilita a ligação dos municípios de Cáceres, Porto Estrela e Barra do Bugres. Além disso, permite a interligação das rodovias federais BR-070 e BR-364.


A primeira parada da vistoria foi na obra de pavimentação de 30,8 quilômetros da MT-343, no trecho que vai do entroncamento  da MT-246, em Barra do Bugres, até o município de Porto Estrela.  Nesse trecho falta concluir apenas quatro quilômetros da rodovia, onde já estão em andamento os serviços de terraplanagem.
 

A segunda parada foi para vistoriar a ponte de concreto sobre o córrego das Onças, na divisa entre Barra do Bugres e Porto Estrela. A ponte já está finalizada, assim como a ponte sobre o córrego Salobinha, já no município de Porto Estrela, também vistoriada pelo secretário Marcelo de Oliveira.

 
Essa última ponte, porém, ainda necessita da realização do seu encabeçamento. Tanto a ponte sobre o córrego das Onças, como a ponte do córrego Salobinha, têm uma extensão de 26 metros e foram investidos, ao todo, mais de R$ 3 milhões na execução das obras.  

 

Ainda em Porto Estrela é realizada a pavimentação de 64,41 quilômetros em direção ao  distrito de Vila Aparecida, em Cáceres. Neste trecho já foram executadas obras em metade da extensão prevista e a expectativa é de que toda a pavimentação  seja entregue já no início do ano que vem.
 

Para o prefeito de Porto Estrela, Eugênio Pelachim, a pavimentação no município representa desenvolvimento, pois vai contribuir para o escoamento da produção do município, que tem vocação para a pecuária e extrativismo. “O trafego nesse asfalto é de caminhão pesado, pois temos uma pedreira aqui na região. Então, esse asfalto ajuda muito a melhorar a logística, além de trazer renda aqui para o município”, disse  prefeito.
 

Além da pavimentação em Porto Estrela, avançam as obras no último trecho da rodovia, já em Cáceres, que vai  KM.46,5 até o do fim do pavimento no município. São asfaltados 24,6 quilômetros nesse trecho, que também foram vistoriados pelo secretário Marcelo de Oliveira.
 

Nesse trecho já foram feitos os serviços de aplicação da capa asfáltica em 12 quilômetros - e ainda faltam outros 12 quilômetros onde são realizados atualmente os serviços de terraplanagem. Somente com a pavimentação dos três pontos da MT-343, o Governo do Estado está investindo R$ 84,2 milhões. 
 

Início das obras
 

Ainda na MT-343, o secretário Marcelo de Oliveira vistoriou o inicio da construção das quatro pontes de concreto sobre os Rios Cachoeirinha e Saloba Grande e Córregos Figueirinha e Ribeirão Três, com investimento total de R$ 8 milhões.
 

A ponte sobre o Rio Cachoeirinha terá 50 metros, enquanto a ponte sobre o Rio Saloba Grande terá 30 metros, mesma medida das pontes sobre os Córregos Figueirinha e Ribeirão Três. A previsão é de que todas as pontes sejam finalizadas ainda neste ano.
 

Para o secretário Marcelo de Oliveira, todas essas obras que estão em andamento na MT-343 são estruturantes para os municípios de Barra do Bugres, Porto Estrela  e Cáceres e representam mais uma ação de infraestrutura do Governo de Mato Grosso para melhorar não apenas a malha rodoviária como também a logística da região. “Essa pavimentação vai interligar a região produtora do Médio-Norte, em Barra do Bugres, diretamente ao Porto de Cáceres e à Zona de Processamento de Exportação de Mato Grosso, que também está em obras. Este é o Governo do Estado solucionando mais um gargalo logístico”, afirmou o secretário. 


Além do secretário Marcelo de Oliveira, também acompanhou a vistoria das obras o secretário adjunto de Obras Rodoviárias da Sinfra, Nilton de Britto.

Notícias da editoria