Diário da Serra

Incêndio avança em terra indígena de Tangará e já destruiu mais de 20 mil hectares

G1MT 09/09/2020 Geral

Incêndio destruiu vegetação da terra indígena Pareci

Geral

O incêndio na Terra Indígena Pareci, a 80 km do centro de Tangará da Serra, avançou e já atinge uma área de quase 20 mil hectares de vegetação.


O incêndio já dura há mais de uma semana e chegou a atingir a Cachoeira do Formoso, um famoso ponto turístico da região. O fogo já destruiu mais de 20 mil hectares dos biomas Cerrado e Floresta Amazônica.


A situação é considerada complicada porque o local é de difícil acesso.
 

Na segunda, 07, quando o fogo chegou até a cachoeira, 10 homens chegaram no local para reforçar a equipe de brigadistas do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). No total são 30 brigadistas tentando controlar o fogo.
 

Segundo o chefe do esquadrão do Ibama, Elson Garcia, o combate tem sido muito difícil, o vento forte e a vegetação seca têm colaborado pra que o fogo avance. “Estamos aqui ajudando pessoas, tentando controlar o fogo, mas o fogo está muito forte, o vento muito forte e o acesso é difícil nessa área de Formoso, onde o incêndio já queimou quase 20 mil hectares. A gente está usando o soprador porque está muito difícil, a chama é muito forte”, afirma.


Na terra indígena do Formoso vivem 220 pessoas divididos em três aldeias.
 

Só na aldeia formoso vivem 80 pessoas. Idosos e crianças que têm doenças respiratórias acabam sofrendo mais com essa fumaça que está na região. Ainda não se sabe quando o fogo começou.

Notícias da editoria