Diário da Serra

TÉRMINO DAS CONVENÇÕES – Tangará da Serra terá cinco candidatos a prefeito

Fabíola Tormes / Redação DS 17/09/2020 Política

Os partidos têm até dia 26 de setembro para o registro – Vander Masson e Marcos Scolari; Chico Clemente e Marli Franchini; Jean Piccoli e Dora Santos; Claudinho Frare e Professor Rodrigo; Wesley Lopes Torres e Amauri Paulo Cervo

Eleições acontecerão em novembro

Encerrou nesta quarta-feira, 16 de setembro, o prazo para que os partidos realizassem suas convenções municipais destinadas a deliberar sobre coligações, assim como escolher seus candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores.


Dentro deste período, em Tangará da Serra, 16 partidos reuniram seus convencionados e lançaram candidaturas, tanto na majoritária, quanto na proporcional.


De olho na Prefeitura Municipal, cinco pré-candidatos oficializaram seus nomes, assim como apresentaram seus pré-candidatos ao cargo de vice-prefeito. Apresentaremos todos eles por ordem de convenção.


O primeiro a oficializar candidatura, no dia 9 de setembro, foi o empresário Vander Masson (PSDB), que terá como vice o também empresário Marcos Scolari (PTB). Nesta coligação, ao todo, sete partidos integram a aliança: Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Partido Democrático Trabalhista (PDT), do Partido Verde (PV), do Partido Liberal (PL),  Podemos e Partido Social Liberal (PSL).


No dia 12 de setembro o pecuarista Chico Clemente (PSD) e a empresária Marli Franchini (PSB) foram oficializados como pré-candidatos a prefeito e a vice-prefeita. A coligação na majoritária é formada por cinco partidos, sendo o Partido Social Democrático (PSD), Partido Socialista Brasileiro (PSB), Patriota, Democratas de Tangará da Serra e Partido Progressista (PP) – este último apoio foi referendado pela Comissão Provisória criada nesta quarta-feira, 16.


Já no dia 14 foram duas convenções. O Partido Social Cristão (PSC) definiu o nome do advogado Jean Piccoli para disputar a prefeitura de Tangará da Serra, tendo ao seu lado a empresária do setor de eventos, Dora Santos. O partido deliberou entre os seus membros que não iria coligar com nenhum partido e lançaria chapa pura.


O partido Republicanos de Tangará da Serra também oficializou naquele dia seus candidatos, tendo o empresário e vereador Claudinho Frare como pré-candidato a prefeito e o Professor Rodrigo a vice, em uma chapa pura, apenas com candidatos na majoritária (sem candidatos a vereadores).


Por último, na terça-feira, dia 15, foi referendado pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB) o nome de Wesley Lopes Torres como candidato a prefeito. Ao seu lado, como pré-candidato a vice-prefeito, Amauri Paulo Cervo (PP).


Além desses, há ainda o Partido dos Trabalhadores (PT) de Tangará da Serra que definiu por não lançar nenhum candidato na majoritária e também não apoiar nenhum dos apresentados.


Os partidos têm até dia 26 de setembro para o registro.



Notícias da editoria