Diário da Serra

Farmácia é transferida do Posto Central e moradores reclamam que não foram avisados

Tangará em Foco 18/09/2020 Saúde

Os moradores reclamam que a mudança ocorreu no dia 09 de setembro e a população não foi avisada por nenhum meio de comunicação

Saúde

Quem precisa de medicamentos em Tangará da Serra chega ao local tradicional, a Farmácia do Posto Central, e se depara com cartazes avisando que o prédio está fechado para reforma há quase duas semanas, e que os medicamentos estão sendo dispensados na unidade de saúde do Parque Figueira (no Monte Líbano) e na Escola Ayrton Senna.


Os moradores reclamam que a mudança ocorreu no dia 09 de setembro e a população não foi avisada por nenhum meio de comunicação.
 

Há pessoas que se deslocam de bairros distantes, como o Bela Vista e San Diego, ou de comunidades rurais, e quando chegam ao Posto Central encontram os avisos.
 

Muita gente, inclusive idosos, a pé ou de bicicleta, precisam se deslocar um dos locais onde estão sendo entregues os remédios, um deles na unidade de saúde que fica no Jardim Monte Líbano (farmácia de alto custo), e o outro na Escola Ayrton Senna, que fica na avenida Tancredo Neves.
 

A situação chama a atenção, pois a Secretaria Municipal de Saúde fez a mudança e não avisou a população. A imprensa, emissoras de rádio e TV, sites e jornais, não foi comunicada para repassar a informação aos moradores.
 

Nossa reportagem apurou que o Posto Central passará por reforma e nenhum tipo de atendimento está sendo feito no local. Não foi comunicado para onde foram transferidos os serviços.



Notícias da editoria