Diário da Serra

Associação Olímpica de Karatê de Tangará tem novos faixas pretas

Fabíola Tormes / Redação DS 16/07/2019 Esportes

Olímpica tem hoje, na ativa, cerca de 20 faixas pretas

Faixas pretas da Olímpica

A Associação Olímpica de Karatê de Tangará da Serra segue formando cidadãos e atletas, dentro e fora do tatame. Na última sexta-feira, 12, foi realizado na Olímpica mais um Exame de Faixas Pretas, oportunidade em que foram aprovados para faixa preta 2º Dan os atletas Isabella Souto da Silva e Vinicius D’Cesar Lira Ladeia.


De acordo com o professor Antonio Felipe, a Olímpica tem hoje, na ativa, cerca de 20 faixas pretas, mas já se formaram em torno de 50. “Para se chegar a faixa preta (1º Dan) se pratica 4 a 5 anos continuados. Depois  continuam as graduações (Dans) a cada 2, 3 anos ininterruptos para se obter os graus na faixa preta”, explica, ao destacar que no Exame de Faixa Preta são avaliados a técnica e teoria.


“A disciplina mental, a postura e a atitude do karateca perante a sociedade”, completa, ao parabenizar os atletas. 
 



Notícias da editoria