Diário da Serra

MDB e PSDB se estruturam para manter maiores bancadas na Câmara

Rodrigo Soares / Redação DS 25/07/2019 Política

Série do DS ‘Eleições 2020’ aborda expectativas dos partidos

Vander Masson (PSDB) e Wesley Torres (MDB) 

MDB e PSDB se estruturam para manter maiores bancadas na Câmara

Atualmente líderes de representatividade na Câmara Municipal de Tangará da Serra, os diretórios municipais do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) e Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) estão se estruturando para manter as maiores bancadas no legislativo tangaraense. Após as últimas eleições municipais, as duas siglas conseguiram eleger maior número de parlamentares e hoje possuem cada uma quatro vereadores na atual legislatura.


De acordo com o presidente do diretório municipal do MDB, Wesley Lopes Torres, o objetivo da sigla é até mesmo aumentar o número de candidatos emedebistas eleitos no próximo pleito. “O MDB terá uma chapa forte de vereadores, o objetivo sempre é crescer, então nossa meta é manter ou crescer”, afirmou o presidente, ao destacar que o fim das coligações nas proporcionais favorecerá o partido. “Isso fortalece os partidos mais estruturados”, enfatizou Wesley Torres à série especial ‘Eleições 2020’.


Oposição do MDB nas últimas eleições municipais, o PSDB também tem como meta se manter como maior bancada na Casa de Leis. Para isso, conforme o presidente do diretório municipal, Vander Masson, a sigla já está se movimentando. “Sabemos que não é uma tarefa fácil, mas nosso objetivo é manter ou aumentar a bancada. Estamos já trabalhando para alcançar essa conquista”, relatou Masson, que apesar das projeções, ainda não tem nomes definidos para disputarem uma das cadeiras da Câmara Municipal. “As reuniões já estão acontecendo e nosso diretório está focado na eleição de representantes do nosso partido, que terá candidatos suficientes para vereadores”, assegurou Vander Masson.


Siglas também miram a Chefia do Executivo

Além de já se estruturarem para manter maiores bancadas na Câmara Municipal, os diretórios municipais do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) e Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) já estão se movimentando para o lançamento de candidaturas próprias ao cargo de prefeito em Tangará da Serra.


 De acordo com o presidente do MDB, Wesley Torres, apesar das especulações, o nome do candidato que concorrerá ao Paço Municipal só será efetivamente definido em agosto do ano que vem. “Nomes estão sendo estudados. Estamos conversando com outros partidos, mas o MDB terá candidato a sucessão do prefeito Fábio”, assegurou Torres à reportagem do Diário da Serra.


Seguindo a mesma linha, o PSDB também já está realizando reuniões internas para definir um candidato à eleição majoritária. “Em todas as esferas, teremos candidatos, ou seja, para vereador, prefeito e, se possível, vice-prefeito. As conversações estão acontecendo para futuramente definirmos o candidato a prefeitura”, confirmou Masson.
 



Notícias da editoria