Diário da Serra

Curtas

Redação DS 28/07/2019 Curtas

29/07

Curtas

Casos de hanseníase em Tangará e no Estado

Em Mato Grosso foram registrados 4.678 casos de hanseníase em 2018. Em 2017, 3.577 novos casos foram diagnosticados, segundo relatório da Secretaria Estadual de Saúde. A hanseníase é uma doença difícil de ser identificada e que cresce muito no Brasil. A cada ano são 30 mil novos casos. Em Tangará da Serra o número também preocupa. Conforme o Diário da Serra já veiculou com exclusividade, no primeiro semestre desse ano, 32 novos casos foram detectados no Município. De acordo com a enfermeira coordenadora do Centro de Saúde, Cristina Pereira, os 32 novos casos fazem parte de 89 pacientes que já estavam em tratamento. Quem tiver alguma suspeita da doença pode procurar o setor de hanseníase, localizado no complexo do Posto Central.


Médicos Pelo Brasil

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou, no Rio de Janeiro, que será lançado na próxima semana o programa que vai reestruturar o Mais Médicos. “Na semana que vem, a gente lança o Médicos pelo Brasil, que é o novo programa que vai rever o programa Mais Médicos”, disse.


Energia

A Aneel informou que a bandeira tarifária de agosto será vermelha, o que significa uma cobrança extra de R$ 4 a cada 100 quilowatts-hora consumidos. Em julho a bandeira tarifária em vigor foi a amarela com uma cobrança extra de R$ 1,50 a cada 100 kWh.


Soja

Produtores do oeste de Mato Grosso estão preocupados com os custos para a próxima safra de soja. De acordo com o Imea, o investimento necessário para plantar um hectare do grão no estado fica em torno de R$ 3,9 mil. O valor é 7,5% mais alto do que na safra passada.

Notícias da editoria