Diário da Serra

Moto roubada na Vila Esmeralda é recuperada pela Polícia

Lucélia Andrade/Redação DS 29/07/2019 Polícia

Vítima chegou a oferecer recompensa para quem tivesse informações do veículo

Polícia

Valdeir de Oliveira, morador de Várzea Grande, foi vítima de roubo no último sábado, 27, por volta das 23h, em Tangará da Serra.

 

Ao Diário da Serra, ele contou que comprou a moto há 5 dias  em Várzea Grande e como o cartão do banco estava bloqueado, pegou dinheiro emprestado da irmã que mora em Tangará, completou com o que tinha e veio para cidade para pagar o valor emprestado.

 

Quando chegou, observou que a cidade estava diferente e havia crescido, já que há nove anos tinha ido embora, e não se lembrava mais onde a irmã morava.  Como o celular dele havia descarregado,  começou a procurar pela casa da irmã e se lembrou que a tia morava na Vila Esmeralda.

 

“Quando cheguei na frente da casa da minha tia, não deu nem tempo de chamar (...) dois rapazes viraram a esquina, um deles chegou perto de mim desceu da bicicleta, como se não quisesse nada, me cercou e pegou a chave”, conta a vítima que relatou ainda que resistiu para entregar seu veículo, momento que começou a ser agredido pelos dois. “Apanhei bastante. Meu rosto está todo machucado”, fala.

 

Depois de ter sua moto levada, ele procurou a Delegacia de Polícia e registrou Boletim de Ocorrência (BO). Antes disso, foi em busca de informações de sua moto pela cidade. 

 

Funcionários de uma sorveteria relataram que viram os jovens com a moto roubada e ainda os ajudaram a ligar o veículo, já que eles não estavam conseguindo, acreditando que se tratava dos proprietários. A ação foi registrada pelo circuito de segurança do estabelecimento.

 

Contudo, ao entrar em contato na Delegacia,  ainda neste domingo, 28, foi informado que sua moto havia sido recuperada e estava sob posse de um menor que disse ter pego o veículo emprestado. O menor já está em liberdade.

Notícias da editoria