Diário da Serra

Dois trabalhadores são resgatados de situação análoga à escravidão

Sandra Carvalho / Assessoria 31/07/2019 Polícia

Foram lavrados 33 autos de infração diante das irregularidades

Foram encontrados em um cômodo da obra residencial

Dois trabalhadores foram encontrados em condições degradantes em Mato Grosso e resgatados pelo Grupo Especial de Fiscalização Móvel (GEFM). A ação ocorreu em uma obra residencial localizada no perímetro urbano de Chapada dos Guimarães. Os dois trabalhadores estavam em um cômodo da obra do condomínio Morro dos Ventos.


De acordo com o relatório do GEFM, coordenado pelo Auditor-Fiscal do Trabalho André Wagner Dourado Santos, o local de pernoite dos obreiros apresentava precário estado de asseio, higiene, segurança e conforto, além de não possuir portas e janelas. Os trabalhadores dormiam sobre camas improvisadas por eles mesmos, feitas com estrados (paletes) de madeira posicionados sobre blocos de cimento, onde colocavam colchões velhos ou espumas. “Os trabalhadores também estavam submetidos a riscos graves e iminentes, quer pela falta de proteção contra quedas em pontos mais altos da construção, quer pela possibilidade de acidentes com pontas de vergalhões e pregos expostos, quer, ainda, pelas precárias condições do andaime que era utilizado no canteiro da obra. Tais riscos ensejaram o embargo da obra e a interdição do andaime”. Foram lavrados 33 autos de infração em decorrência das irregularidades encontradas na obra.

Notícias da editoria