Diário da Serra

Mais de 2 mil pessoas abordadas durante operação

Fabíola Tormes / Redação DS 04/08/2019 Polícia

Mais de 50 ocorrências e drogas retiradas de circulação

Equipes intensificaram o policiamento

As Polícias Militar e Judiciária Civil, com apoio do Corpo de Bombeiros, Cioaper e as equipes de fiscalização das Prefeituras Municipais, encerraram na noite deste domingo, 4, mais uma operação integrada – Operação Manaki Avem II, desenvolvida na 7ª Região Integrada de Segurança Pública. Foram quatro dias de trabalho integrado, com resultados que impressionam. 


As ações iniciaram às 6 horas de quinta-feira, 1, com o objetivo de intensificar o policiamento preventivo e ostensivo nas rodovias que entrecortam os municípios, nas praças, bares, lanchonetes e locais de aglomerações de pessoas, incluindo locais frequentados por usuários de drogas, notadamente no período noturno.


Somente nos três primeiros dias de operação – 1, 2 e 3 de agosto – 1999 pessoas foram abordadas, 918 carros foram checados, mais de 50 ocorrências atendidas, 36 veículos apreendidos e 138 autos de Infração de Trânsito foram lavrados em toda a regional. 


Em Tangará da Serra, por exemplo, no primeiro dia da operação, oito bares foram vistoriados, três pessoas foram conduzidas para delegacias, sendo que duas pessoas portavam arma branca durante a abordagem. Ao todo, 183 pessoas foram revistadas, entre homens e mulheres.


De acordo com o tenente Marcelo da Silva Lima, do 19º Batalhão, as abordagens são importantes porque há muitas pessoas chegando em Tangará da Serra e com passagens pela polícia, o que pode ter contribuído para o aumento dos casos de furtos na cidade. Vale ressaltar que os dados são parciais e o resultado geral será apresentado nesta segunda-feira, 5.
 



Notícias da editoria