Diário da Serra

Leto deixa presidência do Serraprev

Fabíola Tormes / Redação DS 07/08/2019 Geral

Ele esteve a frente do Instituto de Previdência nos últimos seis anos

Foram três mandatos a frente da autarquia

Depois de seis anos a frente do Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores Tangará da Serra (Serraprev), Heliton Luiz de Oliveira, o Leto, deixa a presidência da Diretoria Executiva. Foram três mandatos a frente da autarquia tangaraense.


“Estamos deixando um legado muito bom para o Instituto”, resume, ao fazer um retrospecto do trabalho realizado. “Assumimos em 2013 com patrimônio de R$ 16.779 734,05 e estamos deixando hoje com mais de R$ 105 milhões (R$ 105.953.680,65, referente ao patrimônio contabilizado em julho deste ano)”.


Do patrimônio citado, Leto destaca a construção da sede do Serraprev, no Jardim Floriza, que antes funcionava em sala cedida pelo município. O custo total da construção foi de R$ 766.463,07.


Anexo ao prédio, relembra Leto, foi ainda construída uma academia ao ar livre, um investimento aproximado de R$ 20 mil. “Também colocamos energia solar, uma inovação no setor público de Tangará, produzindo sua própria energia, ainda com sobra”. O investimento, neste caso, foi de R$ 70 mil. Já em relação aos benefícios concedidos de 2013 a 2019, Leto destaca 138 de aposentadoria; 23 pensões; 2.146 processos de auxílio-doença; 149 de salário-maternidade.


Já em relação à nova diretoria executiva da autarquia, o ex-presidente afirma que todo o processo eleitoral foi realizado, aguardando somente a validação da Procuradoria do Município, para que, então, o prefeito Fábio Junqueira faça a escolha. “Existem três nomes que estão na lista e o prefeito escolherá, entre os três, quem será a próxima pessoa a gerir o Instituto”. Ainda não há data para essa escolha e posse.
 



Notícias da editoria