Diário da Serra

Coletivo Cadela Manca estreia ‘Desentupidores’

Fabíola Tormes / Redação DS 08/08/2019 Cultura

Apresentação teatral será atração desta sexta em Tangará

Cultura

O final de semana está chegando e com ele a possibilidade de vivermos dias diferentes da correria diária. A agenda cultural promete diversão, a começar nesta sexta-feira, 9 de agosto, com um espetáculo teatral que será promovido pelo Coletivo da Cadela Manca, com apoio do Grupo Teatral de Tangará da Serra (Grutta).


A apresentação da peça ‘Desentupidores’ será no Teatro Municipal, no Centro Cultural Pedro Alberto Tayano Filho, a partir das 20 horas, sendo a entrega de apenas um quilo de alimento não perecível. “O espetáculo aborda de maneira cômica a história de um estabelecimento pouco convencional, uma usina atípica e personagens de um mundo paralelo”, conta a atriz Miriã Tormes, ao convidar toda a sociedade para prestigiar a estreia do espetáculo teatral em Tangará. 


A peça, com duração de uma hora no máximo, conta com um elenco de oito atores, além de duas pessoas no elenco de apoio, direção de André Luiz Genesio e texto de Gessé Malman. 


O Coletivo da Cadela Manca, fundando em 2015 por André Luiz e Rogério Bertoldo com apresentações culturais em Tangará da Serra e cidades vizinhas, agora associado ao Grutta, se reinventa com novos integrantes, sendo estes: André Luiz, Fernanda Trindade, Frans Duarte, Leonardo Senturion, Luiz Felipe, Nerilson César, Miriã Tormes e Wevilyn Melo. Com a peça “Desentupidores”, buscam novos horizontes. 


Depois dessa estreia em Tangará, nesta sexta-feira, a peça seguirá em cartaz em setembro (datas serão divulgadas posteriormente), além de que levarão o nome de Tangará da Serra outros municípios do Estado – Nova Olímpia e região – e fora dele, como em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. 


Apesar de aberta ao público em geral, a a peça teatral Desentupidores não é recomendada para menores de 12 anos.
 



Notícias da editoria