Diário da Serra

Embriaguez representa 33% das autuações

Assessoria 14/08/2019 Polícia

Dados são referentes a Operação Lei Seca em MT

Casos são registrados com frequência

Era madrugada do dia 10 de maio de 2009, dia das mães. Thiago Duarte Nusa, à época com 19 anos, saía de uma festa no município de Cáceres  conduzindo sua moto, após ter ingerido grande quantidade de bebida alcoólica. Durante o percurso até a sua casa, o então adolescente dormiu na direção da motocicleta, colidiu em um meio fio e teve seu corpo arremessado em uma árvore. “Bati minha coluna na árvore e perdi o movimento das minhas pernas. Há 10 anos estou paraplégico”, relatou Thiago.


O fato que ocorreu com Thiago Nusa é apenas uma das situações que muitos condutores de veículos estão propensos quando dirigem sob efeito de álcool.
Dados do Batalhão de Polícia Militar de Trânsito Urbano e Rodoviário apontam 33,64% de autuações por embriaguez ao volante nas 26 edições da operação Lei Seca já realizadas este ano em Mato Grosso.


No ano seguinte ao acidente, em 2010, Thiago Duarte Nusa foi aprovado no concurso público do Detran-MT e, atualmente, além do trabalho diário, também realiza palestras sobre segurança no trânsito nas ações de conscientização da autarquia.


“Sempre ao final das palestras presto um depoimento sobre o meu acidente, os traumas ocasionados e os problemas que enfrento até hoje por consequência do meu ato”, disse o servidor.


Thiago reforça que os desafios de superação são diários e que as consequências são para o resto da vida.
 

Notícias da editoria