Diário da Serra

17 tangaraenses são convidados para Jornada de Foguetes no Rio de Janeiro

Paulo Desidério / Redação DS 15/08/2019 Educação

A rede pública de ensino emplacou oito nomes na lista de convocados, enquanto a rede particular, nove

Rafaela Maziero Martinazzo

Como publicado pelo Diário da Serra nesta semana, jovens estudantes tangaraenses estão representando muito bem o município quando o assunto é astronomia. Oito alunos foram selecionados para participarem de uma seletiva da Olimpíada Internacional de Astronomia (IOAA, em inglês). Além deles, um grupo de 17 alunos de seis escolas diferentes foram convocados para outro evento nacional bastante importante que integra a agenda da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. Trata-se da Mostra Brasileira de Foguetes (Mobfog), cuja 13ª edição acontecerá em oito etapas na cidade de Barra do Piraí – RJ. As escolas tangaraenses que contam com representantes são Ramon Sanches Marques (1), Manoel Marinheiro (1), José Nodari (3), IFMT (3), Colégio Ideal (3) e Avance (6).


Carlos Roberto da Silva é orientador da área de ciências humanas da Escola Plena Ramon Sanches Marques, onde um clube de astronomia foi montado. Segundo ele, a expectativa é grande por um bom desempenho. Ele explicou como funcionará o lançamento dos foguetes na Mobfog. 


"Formam-se as turmas. Por exemplo, as equipes de três, quatro alunos, acompanhadas de professores. Monta-se o foguete sempre com bicarbonato, com vinagre, com o que não seja material inflamável e aquele foguete que for lançado mais longe é premiado, tem a premiação no estado”, afirma, ao destacar que este é o segundo ano consecutivo que a escola Ramon Sanches Marques participa.


A rede pública de ensino emplacou oito nomes na lista de convocados, enquanto a rede particular, nove. Carlos Roberto frisa que o alto custo da viagem pode inviabilizar a participação de alguns meninos. O evento ocorrerá em etapas separadas, mas todas com quatro dias de duração, num Hotel Fazenda do município fluminense. 


“O convite foi feito, só que tem alguma parte financeira e essa parte financeira é um valor caro. Tem a estadia dos alunos que fica R$ 900,00, também tem a passagem, mas é um evento de suma importância para o crescimento dos alunos e da escola. Nossos alunos receberam essa carta de convocação, porém, não sabemos ainda se será possível esses alunos irem até esse evento devido ao financeiro”, disse.  


A única aluna a figurar na lista de selecionados para a IOAA e também na da Mobfog foi Rafaela Maziero Martinazzo, do Centro Municipal de Ensino José Nodari.

Notícias da editoria