Diário da Serra

Calçada é destruída por veículo de grande porte no Dona Julia e morador pede cautela

Paulo César Desidério / Redação DS 20/08/2019 Geral

Esta é a terceira vez num curto espaço de tempo, que a calçada acaba sendo destruída

Geral

Parte de uma calçada foi destruída na esquina da rua Vitória com a Florianópolis, no Residencial Dona Júlia. Wilson Borges, leitor do DS, registrou o fato e conversou com nossa equipe. Segundo ele, esta é a terceira vez num curto espaço de tempo, que a calçada acaba sendo destruída, devido a uma manobra imprecisa de um veículo de guincho.


O morador conta que uma árvore foi podada no local e alguns dos seus galhos ajudavam a "proteger" o meio-fio, uma vez que as ruas são estreitas. Entretanto, após a poda, um guincho foi chamado para rebocar um ônibus no bairro. Segundo Wilson, o veículo acabou errando a tangência da curva e não evitou que a calçada fosse atingida, destruindo parte de sua estrutura. “Ele foi guinchar um ônibus que provavelmente estava quebrado em determinada rua e ao passar na esquina para fazer a manobra para sair na Nilo Torres, estragou a calçada, arrancou uns tocos de aroeira que estavam mais ou menos 90 centímetros chão a dentro e concretado com a calçada feita. Ele quebrou a calçada e com certeza fez um arregaço no ônibus do cidadão”, disse, ao pedir mais atenção aos motoristas, especialmente os que conduzem veículos de maior porte e passam pelo local.
“A rua é muito estreita, não tem como um caminhão de grande proporção estar fazendo manobra ali. O cara tem que ser muito bom de volante. Até os próprios que são vizinhos por ali e são caminhoneiros, pegam o caminhão bitrem e vão dar a manobra lá em baixo, já para sair na Linha 11. Não tem como. Os caras querem passar por cima. Sorte que tem as duas árvores na frente que protegem as casas e o canto ali. Mas se não tivesse, já tinham até entrado dentro de casa", completou.



Notícias da editoria