Diário da Serra

Tangará receberá audiência pública que abordará violência contra mulher

Assessoria 26/08/2019 Polícia

Municípios do interior receberão audiência pública

Tema será debatido em Tangará no dia 04 de outubro

A Câmara Setorial Temática (CST), que debate políticas públicas voltadas ao combate da violência doméstica e efetivação dos direitos às mulheres de Mato Grosso, definiu as metas de cada membro da CST e irá detalhar as ações estratégicas programadas para a equipe técnica de trabalho. Foram determinadas as novas medidas que a Câmara vai trabalhar nos próximos dias e o calendário das audiências públicas no interior do Estado.


Instalada no dia 30 de maio, a CST se organiza para criar mecanismos de combate à violência doméstica e para consolidar investimentos no setor, a exemplo da construção de uma delegacia da mulher com funcionamento 24 horas por dia.


Em relação ao calendário divulgado pela equipe técnica, a CST da Mulher, em parceria com a Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), com a União das Câmaras do Estado de Mato Grosso (Ucemat) e com os três poderes, vai realizar sete audiências públicas pelo interior. A primeira delas acontece no dia 06 de setembro em Cáceres, depois serão realizadas audiências em Rondonópolis (13/09);  Barra do Garças (20/09); em Tangará da Serra (04/10); Sinop (11/10); em Várzea Grande (18/10) e Cuiabá encerra o ciclo, no dia 10 de dezembro, com a proposta do simpósio para a entrega do relatório final no Teatro do Cerrado “Zulmira Canavarros” ou no Centro de Eventos Pantanal.  
 

Notícias da editoria