Diário da Serra

Escola Estadual Bento Muniz poderá mudar para prédio em construção no Tarumã

Fabíola Tormes / Redação DS 03/09/2019 Educação

Pedido de transferência está sendo analisado pela Seduc

A escola, atende em um prédio com a infraestrutura comprometida

O desejo de transferência da Escola Estadual Vereador Bento Muniz de Tangará da Serra para o prédio em construção no Jardim Tarumã começa a ganhar força, agora com apoio da comunidade escolar.


Na última sexta-feira, 30 de agosto, a direção da unidade educacional da rede estadual de ensino e o vereador Professor Sebastian (PSB), se reuniram com pais de alunos da escola para falarem que o pedido de transferência feito pelo parlamentar à secretária de Estado de Educação, Marioneide Angélica Kliemaschewsk, está sendo analisado. “A secretária se comprometeu comigo, na reunião [realizada no dia 26 de agosto, em Cuiabá], que vai enviar ao Planejamento e fazer a solicitação de uma visita técnica para avaliar as reais possibilidades e condições de que esse pleito seja atendido”, informou o vereador. “É um compromisso meu com a escola, junto com a secretária Marioneide, para que isso aconteça dentro do tempo possível”.


A escola, que completou 29 anos em agosto deste ano, atende cerca de 500 alunos no Ensino Fundamental de manhã e a tarde, em um prédio com a infraestrutura comprometida. “Precisávamos fazer alguma coisa para mudar a aparência do prédio, que está muito ruim, feio e desgastado. Portas faltando, janelas empenadas, piso ruim, falta de quadra (…) então, diante deste desgaste, foi levado à secretária de Educação, com mediação do vereador Sebastian, pedindo uma reforma geral [do atual prédio]”, explicou a coordenadora da escola, professora Vilma Aparecida dos Santos Silva, afirmando que a reforma geral ficou impossibilitada, devido a contenção de gastos do Governo do Estado. “E nessas conversas, idas e vindas, surgiu a ideia de mudar para o prédio em construção, na Rua 130 do Bairro Altos do Tarumã, pois, basicamente, 90% dos nossos alunos são moradores desses bairros que englobam o Jardim Tarumã, Parque do Bosque, Bela Vista”.


Para reforçar esse pedido, um abaixo-assinado está em andamento, colhendo assinaturas de todos os pais. “Esperamos agora que dê certo (…) Lá é uma escola modelo, com várias salas de aula, laboratórios, quadra poliesportiva, completa, e poderia assim atender com muito mais conforto nossos alunos. E nossos professores teriam condições melhores, uma estrutura melhor para trabalhar. (…) o progresso dos nossos alunos seria muito melhor”.


A escola do Tarumã, segundo a Assessoria Pedagógica, está com mais de 65% da obra concluída, com expectativa para entrega ao Estado no início de 2020.
 

Notícias da editoria